X
11 de Novembro de 2019, 19:45

Autor Tópico: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro  (Lida 29565 vezes)

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13731
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #800 em: 24 de Maio de 2019, 21:28 »
Então mas aqui há uns tempos a então TMN não pagava 5 M de Euros pelo naming was bananas?
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

XibinhaSLB

  • *
  • Mensagens: 21574
  • Ano da "Reconquista"
  • Awards: User do Ano 2017
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #801 em: 26 de Maio de 2019, 00:06 »
DOMINGOS SOARES DE OLIVEIRA: “FIZEMOS UM CAMPEONATO ABSOLUTAMENTE IRREPREENSÍVEL”


Citar
Administrador-executivo da Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD em entrevista ao jornal online ECO. Domingos Soares de Oliveira concedeu uma entrevista ao ECO24 onde abordou vários temas da atualidade do Sport Lisboa e Benfica. Garantiu não haver propostas por João Félix; considerou imperativa a presença assídua da equipa de futebol na Liga dos Campeões; levantou um pouco o véu sobre uma eventual proposta para o naming do Estádio da Luz; sublinhou que as contas da instituição estão consolidadas e tem a opinião de que a conquista do 37.º Campeonato Nacional é justíssima.
O Benfica precisa de vender jogadores ou os atletas só saem com a cláusula de rescisão?

São duas perguntas que não estão ligadas entre si. O Benfica tem hoje uma situação económica muito mais robusta do que já teve no passado, mas mesmo assim a venda de jogadores continua a fazer parte do negócio. Não significa que tenham de ser jogadores titulares, nós este ano sinalizamos aquilo que foram as vendas do Benfica ao longo do ano, não houve nenhum titular que tivesse saído e, no entanto, temos um volume de negócios com venda de jogadores ainda significativo.

Portanto, se aparecer um clube que dê 100 milhões de euros pelo João Félix, o Benfica não vende?

Se aparecer um clube que não bata a cláusula a intenção é não vender.

O que é que determina a decisão definitiva de venda ou não abaixo da cláusula de rescisão? Faz sentido, para a realidade económica e financeira em Portugal e do Benfica, haver uma oferta de 100 milhões de euros e não vender um jogador de futebol?

Sei que é difícil as pessoas entenderem isto, 100 milhões de euros é muito dinheiro. Nunca houve vendas de 100 milhões de euros de um único jogador em Portugal. Agora, o nosso objetivo principal, à data de hoje, é ganhar no relvado. Tudo o que tivermos de fazer para manter os jogadores que nos permitam ter mais condições de ganhar no relvado vamos fazê-lo. Já houve anos, há alguns anos, em que a situação económica era mais débil e, portanto, a necessidade de vender os jogadores que eram titulares era uma necessidade efetiva. Hoje, a situação é diferente. Portanto, se a cláusula de rescisão é de 120 milhões, se não aparecer ninguém a bater a cláusula de 120, que batam 100 ou 90 ou 80, o jogador fica.



Já houve algum clube a apresentar uma oferta concreta ao Benfica por João Félix?

Não chegou nenhuma oferta ao Benfica. Há conversas, há rumores, há algumas informações que até temos por via do jornal, de clubes que estão interessados. É verdade que, nas reuniões internacionais, a grande maioria dos clubes mais importantes da Europa pergunta pelo João Félix, todos têm uma expectativa relativamente ao João Félix, mas do ponto de vista objetivo, até à data, não chegou nenhuma proposta ao Benfica.

50 ou 60 milhões é já uma parte muito significativa do orçamento, por exemplo do orçamento que o Benfica está agora a executar e que termina no final do junho…

Estamos a fechar o exercício do ano, vamos fechar o exercício sem vendas de jogadores com um valor próximo de 200 milhões de euros. Sem receitas operacionais, sem qualquer transação de jogadores. E com transações de jogadores, se não houver nenhuma surpresa até ao final do ano, ou seja, se não houver nenhuma venda relevante, o valor deve ser 250 ou 280 milhões de euros. Se considerarmos que 50 milhões – este ano é cerca de 58 milhões de euros – vem das competições europeias… As competições europeias, à semelhança dos direitos televisivos, são as duas principais componentes do ponto de vista das receitas. E são one shot, ou seja, ou estou ou não estou. Não é venda de merchandising, não é venda de bilhética que é um trabalho diário. Aqui, ou se conseguiu ou não se conseguiu.

Sobre o naming do estádio, vamos ter novidades em janeiro ou fevereiro do próximo ano?

Não sei se vamos ter. Temos propostas… acredito que existem condições para fechar essas propostas durante os próximos meses, mas sou sempre cauteloso porque não queremos criar falsas expectativas.



É possível dar uma noção de valores?

Temos sempre apontado para um valor de cinco milhões de euros por ano. Estes contratos têm de ser de longa duração, a oito ou a dez anos.

Disse que começa esta época mais confortável. Quer dizer que o Benfica vai gastar mais? Recordo dois pontos, na emissão de obrigações assumiu o compromisso de aumentar os capitais próprios do Benfica e conter os gastos operacionais, isto é, não inflacionar orçamentos, nomeadamente com salários de jogadores. Como é que isso é compatível para ter uma equipa competitiva?

As receitas no mundo do desporto crescem sempre, não para todos os clubes, mas para a maioria e é o nosso caso. Este ano, temos um crescimento de receitas operacionais de 25%, e é uma época em que não fizemos nada de espetacular em termos de competições europeias porque saímos da Champions e fizemos depois até aos quartos de final na Liga Europa. Existe uma tendência neste momento no mundo do futebol que é de permanente crescimento das receitas. Na maior parte dos casos, temos receitas que estão de alguma forma contidas. Por exemplo, o contrato de direitos televisivos está fechado para os próximos anos, mas do ponto de vista de receita de bilhética, à medida que vai havendo maior escassez do ponto de vista de disponibilidade, e este ano já tivemos oito jogos em que não tínhamos mais bilhetes para vender. Naturalmente o produto mais escasso permite-nos crescer o valor, isto é válido para empresas e é valido para os particulares.

No caso das competições europeias aquilo que se nota é que de ano para ano as receitas sobem significativamente. Não é de ano para ano, mas nos ciclos 2018/2021 e agora 2021/2024. Há sempre um crescimento de receitas. Portanto, contenção de custos operacionais sim, desde que isso não ponha em causa a qualidade do plantel e desde que isso seja acompanhado de um crescimento das receitas como temos tido.

Uma futura Liga Europeia seria bem-recebida no sentido de mais facilmente poder aumentar as despesas porque as receitas serão muito maiores?

Uma futura Liga Europeia, seja ela fechada ou não — porque, no fundo falou-se durante muitos anos numa Super Liga e agora fala-se de uma competição diferente, com muitos mais jogos europeus, mas que não é uma competição fechada –, é um modelo para equipas como o Benfica e, provavelmente, para outras equipas com o estatuto do Benfica, é um modelo favorável. Naturalmente que, se em vez de seis jogos, numa fase de grupos disputamos 14, o incremento de receitas é um incremento significativo.

Um desafio que se coloca é: como é que o Benfica garante estar nesse patamar das melhores 32 equipas europeias? Até agora, do ponto de vista de ranking, estamos nesse patamar e até já estivemos melhor. Do ponto de vista de receitas também. Temos conseguido aguentar-nos dentro dos 30 maiores, mesmo com os crescimentos disparatados do valor dos direitos televisivos em Inglaterra, nós conseguimos manter-nos ali dentro dos 25/30 primeiros.

E é fulcral estar nesse espaço de referência europeu para poder manter a hegemonia do futebol português?

É fulcral estar no espaço europeu, sem dúvida. E penso que o nosso projeto tem de ser um projeto em que olhamos para os nossos concorrentes como os clubes que estão ao nível mais alto da Europa.



Mas é fulcral estar nos oitavos de final?

É fulcral estar nos oitavos de final e, a partir do momento em que se entra nos oitavos de final, qualquer coisa pode acontecer. É verdade que o último clube a vencer uma Champions, no modelo atual, que não fosse a união dos cinco grandes países, foi o FC Porto em 2004.

O Benfica acabou de fazer uma emissão de obrigações que correu muito bem. Tendo em conta o quadro que nos traça, porque é que ao mesmo tempo o Benfica teve de antecipar receitas dos direitos televisivos da NOS de 2022 e 2023?

Mais uma vez, as coisas não são coincidentes. Ou seja, primeiro fizemos essa cedência de créditos da NOS para reembolsar os 50 milhões que tinham origem num anterior empréstimo obrigacionista. Portanto, ao contrário de outras operações, em que o reembolso só era feito depois da emissão, neste caso fizemos primeiro o reembolso e depois lançamos a nova emissão, portanto, reembolsamos esses 50 milhões.

De alguma forma estenderam o pagamento dessa dívida aos obrigacionistas, a quem investiu. Está a valer a pena, mesmo com taxas baixas, mas, ainda assim, mais altas do que as da banca, trocar a dívida bancária por este tipo de dívida de obrigações?

Nós praticamente já não temos dívida bancária. A nossa dívida bancária é de cerca de 13/14 milhões de euros, não ultrapassa isso. O maior problema que existe em termos de dívida bancária em Portugal é que os bancos não financiam as sociedades anónimas desportivas, dizem, por regras…

Não é por vontade dos clubes…

Não. Nós gostaríamos muito de poder continuar a trabalhar com a banca, mas desde 2014 as regras têm sido mais apertadas e, do nosso lado, fizemos o reembolso de toda a dívida que tínhamos à banca, que não era só uma dívida do produto típico de empréstimo, mas também de papel comercial. Portanto, havia uma série de instrumentos financeiros que tinham taxas mais altas do que as habituais. Fizemos esse reembolso todo, com financiamento de 3,75% que eu acredito que se possa manter para os próximos. Estamos numa situação já bastante confortável.

Nos últimos anos, sucederam-se vários casos que envolveram o Benfica, nomeadamente e-toupeira e suspeitas sobre jogadores. A vitória deste ano é justa?

Não tenho dúvidas nenhumas. É uma vitória justíssima e os números falam por si. Tivemos um início de campeonato difícil, em que por culpa própria tivemos resultados menos positivos. E depois, a partir da entrada do Bruno Lage, fizemos um campeonato absolutamente irrepreensível. Acho que ninguém põe em causa isso.



Há quem ponha isso em causa, por exemplo num conjunto de resultados que foram consequência direta de erros de arbitragens.

Sempre ouvi dizer que o campeonato é uma prova de resistência e acho que é verdade. Um campeonato não se decide pelo jogo A ou B, pode haver um erro no jogo A a nosso favor e outro erro no jogo B a favor do nosso adversário. O que é verdade é que nas lutas diretamente com os nossos principais rivais, ganhámos essas lutas praticamente todas.

No ponto de vista de eficácia e ataque, demonstrámos que voltamos quase aos anos 60/70. Portanto, sinceramente, uma pessoa honesta não põe em causa o resultado deste campeonato, porque — eu sei que é desagradável para os nossos adversários –, mas ver a performance que tivemos e ver que conseguimos ultrapassar uma barreira que parecia inultrapassável — sei que é difícil e compreendo isso, já estive do outro lado –, mas é um campeonato irrepreensível.

A Benfica TV vai continuar a transmitir os jogos do Benfica no próximo ano?

Essa decisão não é só do Benfica, mas, acima de tudo, de quem nos comprou os direitos televisivos. E quem nos comprou — foi a NOS — partilha esse conteúdo e custos com restantes operadores de telecomunicações. Os operadores estão satisfeitos com o modelo que têm atualmente, do ponto de vista prático, quem assinar a TV contribui para o esforço que os operadores de telecomunicações fazem e, portanto, da parte dos operadores e daquilo que nos foi transmitido recentemente, existe todo o interesse em manter o modelo atual. Da nossa parte, obviamente, completamente disponíveis para manter o modelo atual, estamos satisfeitos com ele e é para continuar.

https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2018-2019/05/24/clube-benfica-domingos-soares-oliveira-entrevista-eco-24

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13731
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #802 em: 26 de Maio de 2019, 00:47 »
Tanta aldrabice junta!!!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Botasis

  • *
  • Mensagens: 1482
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #803 em: 13 de Outubro de 2019, 12:45 »
Citar
«TEMOS SITUAÇÃO ECONÓMICA SAUDÁVEL, COMPLETAMENTE DIFERENTE DA DOS NOSSOS RIVAIS»
BENFICA 10:06

Toda a estrutura que suporta o futebol de formação do Benfica esteve reunida, ontem, no Seixal, para a apresentação da temporada já em curso, numa ação de team building em que também marcou presença o CEO da SAD, Domingos Soares de Oliveira.

O dirigente tomou a palavra perante a vasta plateia (com muitos jovens) que o iria escutar para distribuir os méritos da conquista do 37 por toda essa estrutura. E não só.

 

«Fomos campeões o ano passado através do processo da reconquista, mas só fomos campeões porque houve muita gente a trabalhar e o vosso trabalho ao longo dos últimos 10 anos foi extremamente importante para sermos campeões. Muitos dos jogadores e até o treinador que foram as chaves-mestras para o sucesso foram preparados por vocês e não é possível sequer equacionarmos o 37 sem dizer que teve o contributo de vocês», sublinhou.

 

 O CEO da SAD equiparou os treinadores do Seixal a... ourives. «São claramente os ourives que preparam a nossa matéria-prima e lapidam os nossos diamantes e a parte boa do nosso projeto é que ao contrário da esmagadora maioria dos outros clubes nós vemo-los jogarem na nossa principal equipa. Este 37 é vosso, sintam-se orgulhosos, independentemente de não estarem lá no palco do Marquês - também não estou mas tenho o mesmo orgulho que vocês pelo sucesso», assentou.

 

Além dos méritos desportivos, Domingos Soares de Oliveira exultou o contexto financeiro em que o clube mergulhou nos últimos anos e também fez questão de distribuir os louros dessa saúde económica pela estrutura do Seixal, algo que, realçou, diferencia o Benfica da restante concorrência.

«O futebol de formação teve contributo sem precedentes em várias matérias, destacaria o económico e desportivo. Conseguimos gerar com os jogadores formados por vocês centenas de milhões de euros e graças a isso conseguimos hoje ter situação económica completamente diferente da dos nossos rivais. Temos hoje clube saudável e SAD saudável, que conseguiu bater nos últimos seis anos todos os recordes e é graças a esse vosso contributo que hoje podemos olhar para o futuro com grande tranquilidade em termos de segurança económica. Gerámos mais receitas que todos os prémios da UEFA que recebemos no mesmo período e isto é suficientemente revelador», destacou.

 

Debruçou-se, depois, sobre o contributo desportivo, para relevar «todos os jogadores que fazem parte do plantel principal e que não fariam sem o trabalho» da estrutura. «Temos menos compras [de jogadores] e isso permite-nos ter mais sucesso no que é a nossa conta de resultados», enfatizou, vincando ainda a «cada vez maior coerência entre o trabalho feito no futebol de formação e no futebol profissional e a gestão integrada de ativos».

Neste último aspeto, revelou reunião com Luís Filipe Vieira na passada segunda-feira. «Falámos sobre o que pode ser o futuro e os jogadores que vocês prepararam e que vão aparecer na equipa A, e ele citou-me sete nomes. E isso é vosso, são vocês que lhe têm passado informação suficiente para dizer os que podem chegar lá, os que podem ficar em patamar intermédio, mas a gestão integrada de ativos, de começar a pensar num miúdo de 15/16 anos e ser capaz de vê-lo já na equipa daí a 5/6 anos, é algo que desenhámos na nossa estratégia e que hoje é realidade», afirmou.

https://www.abola.pt/Clubes/Noticias/Ver/809714/40/



o cancro do Benfica voltou a falar. Tudo maravilhoso, no clube com as piores prestações de sempre na CL e este ano pra lá caminhamos.  :facepalm:

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 25079
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #804 em: 13 de Outubro de 2019, 13:25 »
Nisto é que esta direção é forte, é andar de peito cheio a gabar-se aos sete ventos. Não se aprende nada!  :head:
YOU'LL NEVER WALK ALONE

AguiaNina_SLB

  • *
  • Mensagens: 5669
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #805 em: 13 de Outubro de 2019, 15:00 »
O 37 é merecido, mas já lá vai. Agora é lutar pelo 38.
Temos as contas controladas mas uma equipa a precisar de jogadores.
Chega de bazófia...

Botasis

  • *
  • Mensagens: 1482
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #806 em: 13 de Outubro de 2019, 16:09 »
O 37 é merecido, mas já lá vai. Agora é lutar pelo 38.
Temos as contas controladas mas uma equipa a precisar de jogadores.
Chega de bazófia...

o Benfica não pode ser só competições internas. NUNCA o foi. NÃO foi assim que nos fizemos grandes. NEM DEVE SER esse o nosso futuro.

gaudenzi

  • *
  • Mensagens: 9367
  • Rumo ao #36
  • Awards: User do ano 2012
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #807 em: 13 de Outubro de 2019, 16:25 »
O teu problema é estares a falar do Benfica. Isso já não existe. Neste momento há o benfiquinha do Vieira...  :ler:

AguiaNina_SLB

  • *
  • Mensagens: 5669
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #808 em: 13 de Outubro de 2019, 17:22 »
Ainda existe um grande Benfica vê-se pela mobilização dos adeptos. Nós queixamo-nos dos dirigentes, queria ver se tivessemos os mesmos anos que a lagartagem está sem ganhar o campeonato. E se nos aparecesse um Bruno de Carvalho desta vida?

A gente queixa-se que o Benfica não tem boas prestações europeias (e de facto há uma ausência de triunfos na CL de há um tem tempo para cá), mas temos ganho a nível aceitavel internamente a partir de 2010. E se demos o tri ao porto foi por grande imcompetência do JJ.
« Última modificação: 13 de Outubro de 2019, 17:32 por AguiaNina_SLB »

Botasis

  • *
  • Mensagens: 1482
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #809 em: 13 de Outubro de 2019, 20:44 »
Ainda existe um grande Benfica vê-se pela mobilização dos adeptos. Nós queixamo-nos dos dirigentes, queria ver se tivessemos os mesmos anos que a lagartagem está sem ganhar o campeonato. E se nos aparecesse um Bruno de Carvalho desta vida?

A gente queixa-se que o Benfica não tem boas prestações europeias (e de facto há uma ausência de triunfos na CL de há um tem tempo para cá), mas temos ganho a nível aceitavel internamente a partir de 2010. E se demos o tri ao porto foi por grande imcompetência do JJ.

o Benfica teve um Bruno Carvalho ainda antes deles e corremos com ele. Infelizmente um tipo aproveitou-se do Benfica com promessas de Jardel pra nos por um cavalo de troia na presidencia chamado Vieira.

temos ganho contra um sporting constantemente falido e um porto em queda livre até que faliram tambem. Lá fora somos a chacota completa, por acaso já falaste com um estrangeiro sobre o nosso Benfica?
Se o JJ deu o tri ao porto o que fez o Vieira ao despachar meia equipa e dar o penta a eles?

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13731
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #810 em: 14 de Outubro de 2019, 09:55 »
Não vendam jogadores que o sucesso financeiro é ainda pior que o desportivo!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

AguiaNina_SLB

  • *
  • Mensagens: 5669
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #811 em: 14 de Outubro de 2019, 19:35 »
O Porto foi penta em 99, o Vieira ainda não estava no poder.
Nunca falei com um estrangeiro sobre a cotação do Benfica, mas vê-se estrangeiros quer na Luz, quer no Dragão. Claro, que não temos o estrelato do Real Madrid nem da Juve...
« Última modificação: 14 de Outubro de 2019, 19:41 por AguiaNina_SLB »

Ragazzo 1904

  • *
  • Mensagens: 5974
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #812 em: 24 de Outubro de 2019, 11:45 »
Já tens aí mais 2.700.000€ para gastares aí num casamento qualquer, lagarto filho da ##.
Chove? Faz Frio? Faz Calor? Que importa? Nem que o jogo seja no fim do mundo, entre as neves das serras ou no meio das chamas do inferno...
Por terra... Por mar... Ou pelo ar, eles ai vão OS ADEPTOS DO BENFICA atrás da equipa... Grande... Incomparável... Extraordinária... MASSA ASSOCIATIVA!

É ESTA A MÍSTICA DO BENFICA!

Botasis

  • *
  • Mensagens: 1482
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #813 em: 24 de Outubro de 2019, 21:35 »
Citar
«O EMBLEMA DO BENFICA ESTÁ BOM PARA MIM, MAS NÃO PARA QUEM ESTÁ NA CHINA»
BENFICA 17:58

O administrador executivo da Benfica, SAD, Domingos Soares de Oliveira, explicou, esta quinta-feira, durante uma aula com pessoas com necessidades especiais, em Carcavelos, o objetivo da possível mudança do emblema do Benfica. A questão já começou a dividir os sócios dos encarnados, a maioria contra uma mudança. O CEO da SAD fez um ponto de situação.

«O emblema do Benfica está bom para mim, mas não está para quem está na China. As pessoas dizem que não está a palavra Benfica no emblema. Há seis cores no emblema. Se repararem nos emblemas de Manchester United, City ou outros clubes, há menos cores. Há razões comerciais para pensar num novo emblema.», afirmou o dirigente. Domingos Soares de Oliveira acrescentou que o presidente Luís Filipe Vieira não deseja a mudança. «O presidente, por ele, não quer mudar o emblema. Mas há razões comerciais. Isto será dado aos sócios para decidirem. Não está em agenda para o próximo ano, ainda não vai acontecer nada», acrescentou o administrador da SAD do Benfica.

Domingos Soares de Oliveira respondeu a várias perguntas dos alunos. Não só sobre o emblema, mas também sobre a centralização dos direitos televisivos em Portugal, o modelo de negócio, a Liga dos Campeões e o futuro da indústria. «A indústria do futebol é das poucas que, apesar das crises financeiras ou sociais, está sempre a crescer. Hoje há grandes clubes: Real Madrid, Barcelona, Atlético Madrid, PSG, Bayern, talvez Dortmund, Juventus e os seis de Inglaterra [Liverpool, City, Tottenham, United, Chelsea e Arsenal]. Essas marcas querem mais dinheiro para investirem e tornarem-se globais. Falou-se na criação de uma Superliga, e muitos querem uma competição fechada, como a Major League Soccer (MLS) dos Estados Unidos», explicou o administrador da SAD do Benfica. Sobre a Liga dos Campeões, o aumento dos prémios por parte da UEFA tornou a presença obrigatória todos os anos.

«Há três anos, não era assim tão importante estar na Liga dos Campeões. Mas os prémios subiram muito. Hoje ou estamos na Champions ou estamos mortos», declarou Domingos Soares de Oliveira.


a culpa é dos chineses.  :ah:

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 25079
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #814 em: 24 de Outubro de 2019, 22:03 »
Lagarto do ##... Havia de ir gozar era com a cara da ## que o pariu!
YOU'LL NEVER WALK ALONE

Rebelde

  • *
  • Mensagens: 26202
  • Awards: Vencedor Predictor 2015/2016Vencedor Predictor 2012/2013
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #815 em: 24 de Outubro de 2019, 22:54 »
Sim, porque são os chineses que amam o clube.
Rumo ao 38!

AguiaNina_SLB

  • *
  • Mensagens: 5669
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #816 em: 24 de Outubro de 2019, 23:05 »
Sport China e Benfica...

Cores a mais no emblema. :facepalm:
Sempre fui a favor do trabalho do DSO, mas isto como dizia um ex-concorrente do BB é um abre-olhos...

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13731
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #817 em: 24 de Outubro de 2019, 23:41 »
Este tipo é dos mais incompetentes que pode existir!
Deveria ser despedido imediatamente; só mesmo um asno como o trolha para o lhe pagar dinheiro!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9971
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #818 em: 25 de Outubro de 2019, 14:39 »
Este anormal não deve conhecer os grandes da Europa, porque se os conhecesse iria perceber que nenhum deles mudou de emblema para ganhar adeptos na china.

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13731
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #819 em: 25 de Outubro de 2019, 15:43 »
A Juventus mudou.
Deve ser por isso que esta besta abriu a boca.
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Botasis

  • *
  • Mensagens: 1482
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #820 em: 25 de Outubro de 2019, 16:43 »
3 cores era demasiado pros chinos, a preto e branco é mais cool  :ah:

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13731
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #821 em: 29 de Outubro de 2019, 10:02 »
Sinceramente também acho que a roda de bicicleta no emblema é ridículo, mas mudá-lo por causa dos chineses, que nem sabem que o Benfica existe, só mesmo da cabecinha deste palerma incompetente!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9971
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #822 em: 30 de Outubro de 2019, 22:16 »
A Juventus mudou.
Deve ser por isso que esta besta abriu a boca.

Sim, já me esquecia desses parolos, foram os que tiveram uma mudança mais radical.

assusboy

  • *
  • Mensagens: 8617
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #823 em: 31 de Outubro de 2019, 05:47 »
Se mudarem o símbolo acho que deviam mudar o bigode do presidente também, aquilo já não se usa desde os tempos da União Soviética. :lfv:

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13731
Re: Domingos Soares de Oliveira, Administrador Financeiro
« Responder #824 em: 31 de Outubro de 2019, 06:08 »
Ou simplesmente mudar de Presidente...
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

 

TinyPortal © 2005-2012