X
05 de Julho de 2020, 15:16

Autor Tópico: Andebol [2020/21]  (Lida 1630 vezes)

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2019/20]
« Responder #50 em: 06 de Maio de 2020, 20:27 »
Citação de: abola.pt
Benfica anuncia saída de Carlos Resende

O Benfica anunciou esta quarta-feira a saída de Carlos Resende do cargo de treinador de andebol da equipa principal, duas épocas e meia após ter chegado à Luz.

Com o fim das competições devido à pandemia do novo coronavírus, as águias começaram desde logo a preparar a próxima temporada, que não terá o técnico português, de 48 anos, no banco. Resende deixa a Luz com dois títulos conquistados desde que chegou no verão de 2017: uma Taça de Portugal e uma Supertaça.

Em entrevista à BTV na hora da saída, o técnico admitiu o falhanço do projeto.

«Não estávamos nada satisfeitos, na medida em que o nosso objetivo era terminar a fase regular em primeiro e não conseguimos. No entanto, agora iríamos começar a fase final, onde voltaríamos a jogar todos contra todos. Dez jogos perante as primeiras seis equipas da fase regular e julgo que estaria tudo em aberto, sendo que, de facto, até ao momento, o FC Porto tinha conseguido superiorizar-se a todas as equipas.

- Temos de olhar para dentro e perceber o que fizemos menos bem. De facto, não fomos competentes nas competições nacionais, com exceção da Taça de Portugal e da Supertaça que vencemos. A avaliação que faço não pode ser positiva, pois sempre que uma equipa como o Benfica não ganha, não pode ser bom. Temos de ter a coragem de ter esta autocrítica e dizer que não era este conjunto de resultados que esperava quando aceitei vir trabalhar para o Benfica», analisou.
YOU'LL NEVER WALK ALONE

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #51 em: 06 de Maio de 2020, 20:28 »
Época [2020/21] de Andebol
YOU'LL NEVER WALK ALONE

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #52 em: 06 de Maio de 2020, 22:23 »
Citação de: zerozero.pt
Lazar Kukic e Mahamadou Keita a caminho do Benfica
Jornal O Jogo dá conta dos primeiros reforços das águias


Depois de uma mão cheia de saídas, são agora conhecidos alguns nomes apontados como reforços do Benfica. De acordo com o jornal O JOGO, Lazar Kukic e Mahamadou Keita são as primeiras caras desta pequena revolução encarnada.

O central Lazar Kukic é uma das principais figuras dos espanhóis do Ciudad de Logroño, clube pelo qual marcou 84 golos em 26 partidas, na época 2019/20. O internacional sérvio, presença assídua na sua Seleção, iniciou a carreira no RK Partizan e mudou-se para Espanha na temporada 2016/17, e desde aí tem evoluído bastante. 

O ponta esquerda Mahamadou Keita representa os franceses do Ivry, equipa que conta com o português Wilson Davyes. O franco-maliano, tal como o irmão Adama Keita, começou a carreira no CSM Finances e mudou-se para o Ivry em 2015/16, enquanto o irmão rumou ao Paris SG. Na temporada 2019/20, o jogador de 24 anos apontou 31 golos em 17 partidas.

Recorde-se que, no início de abril, o jornal O JOGO também deu conta das saídas de Fábio Vidrago, Davide Carvalho, Ricardo Pesqueira, Nuno Grilo e Carlos Molina, assim como do treinador Carlos Resende.

Citação de: zerozero.pt
Dunkerque confirma Matic Suholeznik no Benfica
Franceses confirmaram também Haniel Langaro no Barça


Esta quarta-feira, o Dunkerque confirmou o rumor que circulava: Matic Suholeznik é reforço do Benfica para a época 2020/21. A equipa francesa anunciou a transferência através de uma publicação nas suas redes sociais.

Apesar de ainda ter um ano de contrato com o Dunkerque, o andebolista de 24 anos solicitou esta mudança de ares antecipada. «A oportunidade de ter um contrato melhor» e  «o poderoso jogo defensivo, que não lhe deu muito crédito diante dos árbitros» foram alguns dos motivos apontados para esta desvinculação.

Com a contratação de Benjamin Afgour (ex-Montpellier HB) e o bom desempeho de Gabriel Nyembo, o USDK formou uma boa parelha de pivôs e permitiu a saída do gigante esloveno.

Na mesma publicação, o emblema gaulês anunciou também a partida de Haniel Langaro, que esteve no clube durante três temporadas. O lateral esquerdo vai regressar a Espanha para iniciar um novo desafio no poderoso FC Barcelona.

Citação de: zerozero.pt
Ole Rahmel não renova com THW Kiel e Benfica é o destino mais provável
Ponta direita é forte possibilidade para as águias


Esta quarta-feira, o THW Kiel anunciou através das suas plataformas digitais que Ole Rahmel não vai renovar o seu contrato, que termina no final da presente época. Isto vem dar ainda mais forças aos rumores que aproximam o ponta direita do Benfica.

De acordo com a imprensa nacional e internacional, o canhoto é um dos nomes que faz parte da lista de reforços pretendidos por Chema Rodríguez, futuro treinador do emblema da Luz.

Ole Rahmel esteve as últimas três épocas no THW Kiel, onde chegou no verão de 2017 e por quem marcou 179 golos em 152 jogos. Antes, o andebolista de 30 anos passou por TuS Norderney, OHV Aurich (formação), Gummersbach, TuSEM Essen e HC Erlangen.

O currículo do internacional alemão (5 jogos e 10 golos) também é algo que salta à vista: duas Taças EHF, duas Taças das Taças, uma Liga Alemã, uma II Liga Alemã e uma Taça da Alemanha.
YOU'LL NEVER WALK ALONE

gaudenzi

  • *
  • Mensagens: 9497
  • Rumo ao #38
  • Awards: User do ano 2012
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #53 em: 07 de Maio de 2020, 06:08 »
O Resende desiludiu-me muito no Benfica...

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #54 em: 07 de Maio de 2020, 11:21 »
O Resende desiludiu-me muito no Benfica...

Muito mesmo!

Mas também não estou certo que esta aposta num jogador/adjunto que vai ter a sua primeira experiência como treinador seja a opção mais indicada.
YOU'LL NEVER WALK ALONE

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #55 em: 14 de Maio de 2020, 13:14 »
Citação de: slbenfica.pt
Pedro Seabra: "Queria muito ficar ligado à conquista do campeonato
Central encerra ligação de três temporadas às águias.


O internacional português Pedro Seabra não irá continuar ao serviço da equipa de andebol do Sport Lisboa e Benfica na próxima temporada.

Peça essencial na conquista de uma Taça de Portugal e de uma Supertaça, em entrevista ao Site Oficial o andebolista lamenta deixar o Clube sem a conquista do título nacional.

Chegada ao Benfica

"Qualquer mudança está associada a um desafio e a novos sentimentos. Por isso recordo o entusiasmo com que cheguei ao Benfica. Estava numa altura da carreira em que queria ser profissional e, de entre todas as hipóteses, escolhi o Benfica para dar seguimento ao meu crescimento enquanto jogador e pessoa. O Benfica é um clube com uma dimensão desportiva muito grande e que oferece condições de excelência para que os atletas das diferentes modalidades possam ser profissionais e ter o foco principal na competição, cabe depois a cada um de nós tirar o melhor proveito disso."

A grave lesão

"Pela gravidade e pelo timing, a lesão é marcante na minha passagem pelo Benfica. Em termos de gravidade é difícil colocar em palavras a sensação de não se conseguir mobilizar uma parte do nosso corpo, parece simplesmente algo que é nosso por direito e nesse sentido a recuperação foi um desafio psicológico muito grande. Talvez tenha sido a minha maior conquista, recuperar de uma lesão desta gravidade e ainda no mesmo ano representar a Seleção no apuramento para um europeu que viria a ser histórico. Tive todo o apoio da estrutura médica do Benfica e também em Alcoitão, onde realizei terapia ocupacional. Estou agradecido a todos os que ajudaram nesse processo. Esta lesão terá sido talvez o momento mais triste enquanto desportista também pelo timing. Estava prestes a regressar à Seleção e estava há uns bons meses num nível fantástico no Benfica, com as conquistas da Taça de Portugal e da Supertaça e depois das eliminatórias europeias que individualmente foram muito boas da minha parte contra equipas como o Hannover. Mas o desporto tem destes contratempos e temos de saber superar. A verdade é que tinha tanta vontade de ajudar que acabei mesmo por regressar ainda com limitações físicas na mão. Mas tudo isso foi uma experiência que me fez crescer enquanto homem."

Memórias para a vida

"Os melhores momentos são sem dúvida os que partilhei com pessoas fantásticas que conheci. Atletas com quem dividi o balneário e membros do staff, fiquei com uma relação forte com muitos deles e que irá certamente perdurar no tempo. Isso é algo que não tem preço. Desportivamente, como é lógico, as conquistas da Taça de Portugal e da Supertaça, para além do processo de recuperação da equipa nesta temporada. A verdade é que em dezembro a época estava longe dos nossos objetivos e a desilusão era tremenda. Todo o processo invisível que fizemos no balneário para recuperar e ir a tempo de fazer coisas boas foi algo que me deu muito prazer."

Papel na história

"Quando cheguei, olhei para os números das conquistas do andebol que temos à entrada do balneário e propus a mim próprio mudá-los a todos. O da Taça de Portugal e da Supertaça mudaram, infelizmente não conseguimos conquistar o título nacional. Isso é a grande mágoa que levo destes três anos porque sei que era possível e era esse o grande propósito, queria muito ficar ligado a essa conquista. Não consegui e há que aceitar isso, mas saio com a consciência de que o meu compromisso e dedicação foram sempre máximos."

Um Campeonato por conquistar

"No desporto a linha entre o sucesso e o insucesso é muito ténue. No primeiro ano podíamos ter feito melhor como provámos pela forma indiscutível como vencemos o Sporting, que tinha sido campeão na final da Taça. No entanto, essa equipa tinha muitos jovens pelo que penso que poderia fazer parte do crescimento. Quando regressámos e voltámos a vencer o Sporting na Supertaça sem margem para dúvidas, a maioria das pessoas em Portugal dava o Benfica como favorito à conquista do campeonato. Estávamos num momento muito bom. Inclusive no jogo para o Campeonato no João Rocha dominámos o jogo novamente, acabando por perder por um golo mesmo no final, num jogo em que jogar fora de casa foi determinante. É aí que o desporto mostra então o seu lado mais atrativo, a imprevisibilidade. Chegam as eliminatórias da EHF e tanto nós, como o FC Porto defrontámos equipas alemãs. Ficou provado o valor do andebol português, com a passagem brilhante do FC Porto e com a qualidade que nós também demonstrámos ofensivamente frente ao Hannover. Faltou-nos coesão defensiva nessa eliminatória, curiosamente o nosso ponto forte na campanha brilhante deste ano da EHF. E é aqui que tudo começa a mudar para nós, na minha opinião por dois motivos: internamente tivemos a infelicidade de ter lesões sucessivas em elementos-chave do plantel. Primeiro a minha longa paragem; mal regresso, o Alexandre Cavalcanti lesiona-se e não joga mais nessa época falhando toda a fase final e, como se não bastasse, no início da época seguinte o Bélone sofre também uma lesão grave. Foi precisamente um ano sem contar com elementos importantes na primeira linha. Em segundo lugar, essa eliminatória marcou uma transformação grande no nosso rival FC Porto, que, depois de três épocas sem vencer troféus, conseguiu atingir um nível e um patamar incrível. O nível que o FC Porto atingiu é top 10 da Europa e temos de reconhecer esse mérito, sendo que todo o andebol português vai beneficiar e evoluir de forma a acompanhar essa mudança."

Taça EHF

"Este final de época foi muito triste para o desporto. No fundo, falámos até agora de três épocas, mas a verdade é que foram apenas duas. Sendo que em desporto tudo é possível, obviamente reconheço que o Campeonato estava muito complicado. Mas a pandemia retirou a possibilidade de lutar por mais uma Taça de Portugal e, mais importante ainda, a possibilidade de chegar à final four da EHF. Estávamos a provar na Europa que, embora no Campeonato as coisas não estivessem a sair de feição, a nossa equipa tinha muita qualidade individual. Não é qualquer equipa que atinge os quartos de final de uma competição como a EHF. Estamos a falar do melhor que há na Europa logo a seguir aos grupos A e B da Liga dos Campeões. Pessoalmente tive a felicidade de ficar na história de conquistas inéditas por todos os clubes onde passei. No Benfica estava prestes a fazer parte da primeira equipa a atingir os quartos de final da Taça EHF neste formato atual, com possibilidades reais de atingir a final four. Foi uma caminhada fantástica e fica o amargo de não se saber o desfecho."

COVID-19

"A pandemia abalou o mundo. Até agora falei muito do impacto no desporto, mas ela afetou todos os sectores e isso é muito mais importante do que o que se está a passar no mundo desportivo. A saúde das pessoas virá sempre em primeiro lugar. Tem sido um desafio à humanidade, que nos mostra o quão frágeis são as coisas que tomamos como garantidas, algo tão essencial como a nossa liberdade, por exemplo. Ainda teremos muitos desafios pela frente e não podemos perder o foco na vitória final que será o regresso ao que consideramos a normalidade."

Mensagem para os adeptos

"Gostava de ter tido a oportunidade de me despedir em campo das pessoas que sempre nos apoiaram. Dizer e garantir que nas modalidades há uma vontade enorme de enriquecer o palmarés do Clube e que eles são muito importantes para tornar essas conquistas possíveis. Certamente voltaremos a cruzar-nos pelos pavilhões, porque a paixão pelo desporto é algo que nos une a todos. Obrigado e até um dia!"
YOU'LL NEVER WALK ALONE

Rui16

  • *
  • Mensagens: 18465
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #56 em: 18 de Maio de 2020, 14:58 »
Infelizmente esta modalidade bem que podia fechar, com muita pena minha. O Benfica nunca soube ter uma equipa em condições para atacar todos os troféus de uma época.
E digo isto com pena, porque o andebol sempre foi a minha modalidade favorita. Desde miúdo.

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #57 em: 19 de Maio de 2020, 10:44 »
Fechar não é solução. Tem de existir é mais competência e menos interesses. Esta secção há muito que devia ser reestruturada. É preciso mudar toda a gente!
YOU'LL NEVER WALK ALONE

Rui16

  • *
  • Mensagens: 18465
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #58 em: 19 de Maio de 2020, 10:55 »
Nem que seja suspender 1 ou 2 anos. Porque de facto isto merece uma reviravolta. E das grandes.

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #59 em: 21 de Maio de 2020, 15:47 »
Citação de: zerozero.pt
Chema Rodríguez anunciado como o novo treinador do Benfica
Transferência confirmada pelo vice-presidente


Esta quarta-feira, em entrevista à BTV, Domingos Almeida Lima falou sobre o futuro das modalidades do Benfica e confirmou que Chema Rodríguez vai ser o novo treinador da equipa de andebol.

O vice-presidente dos encarnados abordou a nova realidade do clube no período pós-pandemia, garantindo no entanto que o emblema da Luz vai manter os níveis de competitividade. Na entrevista, o dirigente confirmou também a chegada do técnico espanhol ao comando das águias.

«Começámos a ver qual seria o melhor cenário para o futuro treinador do Benfica e a escolha recaiu num grande ex-atleta e um dos melhores praticantes de andebol do mundo - o Chema. Um treinador espanhol que está a trabalhar também com a seleção da Hungria, já no Europeu fez um excelente trabalho, e foi essa a opção que tomámos», referiu.

Primeira experiência a solo

Chema Rodríguez é um dos melhores centrais da história do andebol espanhol. Iniciou a carreira no La Salle (Valladolid), passou por Atlético Valladolid, Ciudad Real, Atlético de Madrid, Veszprém e Saran, clube que representou até esta época que agora terminou.

No seu currículo, o antigo internacional espanhol (113 internacionalizações e 150 golos) conta com 31 títulos a nível de clubes e Seleção. 

Enquanto jogava, Chema Rodríguez iniciou o seu trajeto de treinador. Em 2019, o timoneiro de 40 anos estreou-se na função de treinador-adjunto na Seleção húngara, onde trabalhou com o técnico István Gulyás. Esta temporada, o espanhol também auxiliou o treinador Fabien Courtial no Saran.
YOU'LL NEVER WALK ALONE

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #60 em: 08 de Junho de 2020, 11:08 »
Citação de: zerozero.pt
Kévynn Nyokas é o próximo a sair da Luz
Lateral francês tem mais um ano de contrato


O experiente lateral francês vai juntar-se ao lote de preteridos pela equipa encarnada, numa clara reestruturação de plantel protagonizada pela chegada do novo técnico, Chema Rodríguez.

A notícia é publicada este domingo pelo jornal O Jogo, que explica que Nyokas não conta para a próxima temporada, seguindo o mesmo caminho de Nuno Grilo, Fábio Vidrago, Carlos Molina, Ricardo Pesqueira, Pedro Seabra, Davide Carvalho, Miguel Espinha e Rome Hebo.

Apesar de ter mais um ano de contrato com as águias a solução para Nyokas deve passar pela desvinculação unilateral com o Benfica, depois de uma época em que foi chamado a 32 jogos (74 golos) por Carlos Resende.
YOU'LL NEVER WALK ALONE

ucallmegod

  • *
  • Mensagens: 7324
  • Awards: User do Ano 2015Vencedor Predictor 2013/2014
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #61 em: 08 de Junho de 2020, 11:10 »
Qual é o objectivo desta secção? Competir ou simplesmente existir?

Não concordo em manter secções abertas só porque sim.
O Benfica é mais que um clube, é um conceito.

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #62 em: 08 de Junho de 2020, 11:13 »
Aquilo que se está a fazer esta temporada peca por tardio. Há muito que esta secção precisava de uma vassourada. E, na minha opinião, devia ser ainda maior. Devia ser tudo corrido, desde diretores, equipa técnica e jogadores. Até agora, um dos males do andebol do Benfica é a mentalidade de derrota que está instalada em todos os seus intervenientes. Não pode ser!
YOU'LL NEVER WALK ALONE

SLB_Fanatic

  • *
  • Mensagens: 26054
  • "... nunca encontrou rival neste nosso Portugal! "
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #63 em: 19 de Junho de 2020, 12:41 »
Citação de: abola.pt
Toft Hansen fala em crise no Benfica

As saídas da equipa de andebol do Benfica estão a chamar as atenções lá fora, mas intramuros o silêncio sobre a participação do clube da Luz na nova Liga Europeia também está a causar apreensão. Até porque a Federação de Andebol de Portugal (FAP) estabeleceu dia 22 como deadline para os clubes se pronunciarem e o Benfica é o único que ainda não deu resposta que poderá ter implicações para outras equipas. As portas da Europa podem abrir-se para Águas Santas ou Madeira SAD, caso as águias se fechem no ninho, a fim de se protegerem da crise criada pela pandemia de Covid-19.

Esse foi, aliás, o argumento utilizado pelo dinamarquês René Toft Hansen, pivot de 36 anos e último da longa lista dos dispensados pelo espanhol Chema Rodriguez, que assumiu o lugar de Carlos Resende no comando técnico do Benfica.
«Tive de deixar o Benfica, embora tivesse contrato válido por mais um ano. A crise causada pela Covid-19 afetou muito o clube», afirmou ao site Handball Planet o campeão mundial que, após oito anos a jogar fora da Dinamarca, volta a casa para defender as cores do BSV Bjerringro Silkeborg.

"O que se passa com o Benfica?", questiona também um site macedónio, recordando as quatro vitórias em outros tantos jogos na fase de grupos da Taça EHF -  designação da prova até este ano -, equacionando a falta de renovações confirmadas, por oposição às saídas acertadas.

Por cá, também se procuram respostas, apesar de os clubes terem até 14 de julho para fazer chegar à Federação Europeia (EHF) o depósito de 20 mil euros e o caderno de encargos preenchido. «A Federação aguarda a confirmação da participação, ou não, por parte do Benfica», confirmou a A BOLA fonte da FAP sobre a situação das águias na prova do segundo escalão das competições europeias.

A FAP, aliás, estabeleceu a próxima segunda-feira como prazo  para os clubes se pronunciarem, tendo o Belenenses dito sim à Liga Europa, da mesma forma que FC Porto, líder aquando do fim antecipado do Andebol 1, já tem entrada direta na Liga dos Campeões, e o Sporting, graças ao 9.º lugar que Portugal ocupa no ranking, é candidato confirmado a um dos seis convites para a Champions.

Caso o Benfica vire as costas à Liga Europa - tem entrada na fase de grupos - , Águas Santas ou Madeira SAD, finalista em 2018/19 da Taça Challenge (terá a designação de Taça EHF), são os possíveis sucessores. Mas será quase inevitável que o clube de Alvalade perca o wild card, sendo relegado para a Liga Europeia, e que Portugal desça lugares no ranking e, consequentemente, na Europa.

Continua a vergonha!

O mesmo clube que queria rebentar trinta milhões numa OPA sem qualquer sentido, não tem dinheiro para as suas modalidades irem às competições europeias e fica a ver jogar, além de porto e sporting, colossos como o Belenenses, o Águas Santas ou Madeira SAD.

Ah, o tão proclamado Benfica europeu...

 :head:
YOU'LL NEVER WALK ALONE

gaudenzi

  • *
  • Mensagens: 9497
  • Rumo ao #38
  • Awards: User do ano 2012
Re: Andebol [2020/21]
« Responder #64 em: 19 de Junho de 2020, 20:43 »
Vieirices  :lfv:  :gaudencio:

 

TinyPortal © 2005-2012