X
17 de Agosto de 2019, 15:50

Autor Tópico: SL Benfica 4-1 Santa Clara [34ªJ Liga NOS | 18/05 | 18h30 | BTV]  (Lida 982 vezes)

XibinhaSLB

  • *
  • Mensagens: 21574
  • Ano da "Reconquista"
  • Awards: User do Ano 2017
Re: SL Benfica vs Santa Clara [34ªJ Liga NOS | 18/05 | 18h30 | BTV]
« Responder #25 em: 19 de Maio de 2019, 00:11 »
Campeões  :slb: :slb: :slb: :slb:

XibinhaSLB

  • *
  • Mensagens: 21574
  • Ano da "Reconquista"
  • Awards: User do Ano 2017
Re: SL Benfica vs Santa Clara [34ªJ Liga NOS | 18/05 | 18h30 | BTV]
« Responder #26 em: 19 de Maio de 2019, 00:13 »
CAMPEÕES! O 37 É NOSSO!


Citar
Uma 2.ª volta de luxo (a melhor de sempre!) conduziu o Benfica à Reconquista do título nacional. Reconquista feita! O Benfica é o Campeão Nacional 2018/19!!! Na final das finais, os encarnados embalaram para o seu 37.º título nacional com remates certeiros de Seferovic (2), João Félix e Rafa na receção ao Santa Clara na 34.ª jornada. No Estádio da Luz a rebentar pelas costuras (64 064 espectadores), com os adeptos fervorosos e vibrantes no apoio antes e durante o jogo, a equipa voou e confirmou uma 2.ª volta de luxo, a melhor de sempre do Campeonato: 16 vitórias e apenas 1 empate em 17 rondas, o que se traduz na soma de 49 pontos, com 66 golos marcados e 14 sofridos.

Demolidor no ataque, o conjunto orientado por Bruno Lage encerrou a competição com 103 golos faturados, igualando o melhor registo de sempre das águias no Campeonato (1963/64). No que diz respeito a pontos totais, alcançou 87, a segunda melhor marca da história do Benfica (atingiu os 88 em 2015/16) e da principal prova do futebol português.

Pé ante pé, o Benfica foi dando expressão ao ascendente e domínio na partida frente ao Santa Clara. O 1-0 nasceu de uma assistência de Samaris (3.ª nesta Liga NOS) para o controlo e finalização, de pé esquerdo, do matador Seferovic, que aos 16' elevou para 22 o número de golos assinados nesta edição da prova. Foi também o 100.º golo do coletivo benfiquista no Campeonato

Ao segundo remate enquadrado... as águias tornaram a faturar: Rafa, aos 23', procurou esburacar pelo meio, um defensor intercetou, mas o esférico espirrou para a zona de João Félix, que, com um excelente gesto técnico, sentou César e rematou para o 2-0. Foi o 15.º golo do jovem avançado na Liga NOS.

No jogo 100 de águia ao peito, Rafa, na melhor época de sempre da sua carreira, não se fez rogado perante a bola que sobrou para a sua frente após cruzamento de André Almeida no lado direito, chutando para o 3-0 aos 39'. O camisola 27 dos encarnados apontava o seu 17.º golo neste Campeonato.

Na segunda parte, mais e mais Benfica! Grimaldo deslizou no flanco esquerdo aos 56' e cruzou (12.ª assistência) para a conclusão de primeira de Seferovic (23.º golo do melhor marcador do Campeonato). E estava feito o 4-1!

Sempre bravo, dando luta, o Santa Clara reduziu para 4-1 aos 59' por intermédio de César, no seguimento de um canto cobrado à direita e já depois de um cabeceamento de Fábio Cardoso à barra. Odysseas fez o possível no lance e, noutras intervenções posteriores, mostrou a sua competência.

Emocionado, Jonas foi a jogo aos 69', substituindo João Félix (ambos fortemente ovacionados pela Família Benfiquista). E foi por muito pouco que o Pistolas não marcou aos 75': a custo, o guardião Marco defendeu para canto.

A dez minutos do fim do encontro, aplausos e mais um momento de grande emoção, com Samaris a ser rendido por Taarabt. E nas bancadas cantava-se: "Campeões, campeões, campeões, nós somos campeões!"

Nervos, muita vontade de confirmar e de festejar o 37... mas ainda houve uma terceira substituição no Benfica: saiu Rafa, entrou Salvio aos 87'. O argentino, aos 89', ainda tentou o 5-1 num golpe de cabeça na área após cruzamento no flanco direito. Mas a Reconquista já estava (bem) concretizada!

https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2018-2019/05/18/cronica-futebol-benfica-santa-clara-34-jornada-liga-nos

XibinhaSLB

  • *
  • Mensagens: 21574
  • Ano da "Reconquista"
  • Awards: User do Ano 2017
Re: SL Benfica vs Santa Clara [34ªJ Liga NOS | 18/05 | 18h30 | BTV]
« Responder #27 em: 19 de Maio de 2019, 00:14 »
MAN OF THE MATCH


Citar
Seferovic marcou dois dos quatro golos do jogo do título e foi assim eleito o melhor em campo. O Benfica venceu o Santa Clara por 4-1 na 34.ª jornada da Liga NOS, no Estádio da Luz, e sagrou-se Campeão Nacional. Num jogo cheio de emoção e de apoio nas bancadas, Seferovic marcou dois dos quatro golos encarnados, o primeiro assinalando o 100.º da equipa na prova, e foi eleito Man of the Match.
O avançado não escondeu a emoção de conquistar o primeiro título de Campeão Nacional de águia ao peito: “Este é um filme muito bom para nós e para todas as pessoas que nos apoiaram em todos os jogos. Ganhámos, estamos contentes e agora é festejar. Foi uma grande época não só para mim, mas para todos os jogadores e todo o staff, todos fizeram um trabalho perfeito. Agora vamos para o Marquês.”

Com 23 golos, Seferovic foi o melhor marcador da Liga NOS. O camisola 14 dos encarnados agradeceu a toda a equipa por tudo o que conquistou a nível individual e coletivo.

“Estou muito feliz por tudo o que fizemos esta época, só tenho de agradecer a todos os meus colegas e equipa técnica, porque sem eles eu não conseguia atingir os números que atingi”, frisou.

https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2018-2019/05/18/futebol-man-of-the-match-seferovic-benfica-santa-clara-34-jornada-liga-nos

XibinhaSLB

  • *
  • Mensagens: 21574
  • Ano da "Reconquista"
  • Awards: User do Ano 2017
Re: SL Benfica vs Santa Clara [34ªJ Liga NOS | 18/05 | 18h30 | BTV]
« Responder #28 em: 19 de Maio de 2019, 01:09 »
BRUNO LAGE: "É UM SONHO TORNADO REALIDADE"


Citar
O treinador das águias celebrou a conquista do seu primeiro título ao nível sénior, o 37.º Campeonato do Clube da Luz, depois de o Benfica ter vencido a formação do Santa Clara na 34.ª e última jornada da Liga NOS. Objetivo cumprido! O Benfica reconquistou o título nacional, o 37.º da história encarnada, após vencer a formação do Santa Clara por 4-1. Na zona de entrevistas rápidas, Bruno Lage afirmou que o mais importante era somar os três pontos e mostrou-se feliz por ter vencido o primeiro título ao nível sénior.

A alegria dos adeptos e dos jogadores
"O mais importante de hoje era conquistarmos os três pontos para somar àquilo que foi uma 2.ª volta fantástica, um percurso fantástico e depois fiquei a ver aquilo que mais queria ver, que era a alegria dos nossos adeptos e a alegria dos nossos jogadores. Só fazia sentido assim. Fico feliz por ter conquistado o meu primeiro título ao nível sénior, mas aquilo que me dá mais felicidade neste momento é ver este público fantástico a vibrar e ver a alegria estampada nos rostos destes jogadores. É o que me faz realizado e feliz neste momento."



Os segredos da 2.ª volta
"É o trabalho, é a perspetiva de jogar e treinar de uma maneira diferente, sentimos que o valor estava cá, porque esta equipa já tinha vencido anteriormente, e às vezes é um clique, é aproveitar o momento para reinventar, renovar, foi isso que nós fizemos, mexer um pouco com as dinâmicas da equipa, passar de um 4x3x3 para um 4x4x2 e depois as coisas correram com normalidade, com muita naturalidade e vivendo as coisas dia a dia. Neste momento o que é mais importante é festejarmos e estarmos contentes com o trabalho realizado."



A homenagem a Jaime Graça... e não só
"Antes de conquistar o título, tínhamos de reconquistar os adeptos, e isso foi o primeiro passo para conseguirmos este objetivo. Jaime Graça não é o único homem importante na minha carreira, mas é também muito importante na minha vida. Há outros com que também terei oportunidade de partilhar este momento, mas esta primeira homenagem tinha de ser para ele e para o meu pai. O Carlos Carvalhal também é um homem muito importante na minha vida, o José Rocha foi a primeira pessoa com quem eu trabalhei, enfim, é um conjunto de pessoas que foram importantes até eu chegar aqui, e depois, claro, a aposta do Presidente em mim, do Tiago Pinto e do Rui Costa, que me apoiaram nesta aventura, por isso é muita gente para partilhar o meu percurso, mas a primeira homenagem tinha de ser para o Jaime Graça."

Do sonho à realidade
"As coisas foram acontecendo, eu vim para a equipa B e acabo Campeão Nacional... é um sonho tornado realidade."

O ADN encarnado
"Há coisas que não somos nós que dizemos. Desde há algum tempo que isso estava no ADN da equipa: o procurar e o querer sempre mais, e às vezes foi isso que nós tivemos de recordar. É como digo, não há grandes segredos, é a força do trabalho, a força do coletivo e que eles todos percebam que é em equipa que têm de funcionar. Depois é ir para o jogo, desfrutar e à medida que as coisas foram acontecendo, para dentro foi passar a mensagem de que eles podiam ir mais além, mas para fora a mensagem foi sempre de estabilidade e de fazer as coisas de uma forma tranquila e ir vivendo o jogo e as várias finais que nós fomos vencendo."



O apoio da estrutura
"Ser treinador de uma equipa grande como o Benfica é nós tentarmos sempre ter uma visão macro para controlar tudo, mas a vontade que os jogadores tiveram em triunfar, juntamente com o apoio que tiveram desta estrutura maravilhosa, que me apoiou a toda a hora e que me deu todo um conforto desde o primeiro minuto, acabou por tornar o trabalho muito mais fácil."

A história da Reconquista
"A nossa primeira vitória em Guimarães foi muito importante, foi o nosso terceiro jogo. A nossa vitória no final, a forma como eu vi a equipa unida e o facto de estarmos em Guimarães, eu tive a felicidade de dizer a seguinte frase: 'Foi aqui que nasceu Portugal, vamos ver se é aqui que nasce aquilo que eu quero formar de vós.' Sentimos que foi ali que reconquistámos os adeptos e que poderíamos, eventualmente, ir vivendo as coisas de uma forma tranquila, sempre de jogo a jogo, mas que eles não perdessem o foco do dia a dia e pudessem ver mais à frente que nós podíamos fazer algo extraordinário esta época, e foi isso que nós fizemos."



O percurso profissional e pessoal
"Houve um período interessante por si só, quer no aspeto familiar, foi importante eu regressar a Portugal para estar mais perto da minha família, e depois foi o trabalho que fizemos na equipa B, juntamente com a equipa técnica que acabou por ser promovida como eu. Foi um momento importante, que nos fez conhecer melhor uns aos outros, profissional e pessoalmente. Depois jogando de três em três dias, salvo estas últimas duas a três semanas, não há muito tempo para pensar, é preparar as coisas e seguir em frente. É um feito enorme, mas nós passamos tanto tempo entre paredes, só com os jogadores e com a estrutura, que aquilo que se passa lá fora, até por uma questão pessoal, aquilo que eu vos dizia em tom de brincadeira, mas que era algo de muito sério, de ver o canal Panda, era porque eu queria ficar isolado de tudo, concentrar-me apenas naquilo que era o meu trabalho. Sentia que se tivesse essa determinação podia fazer um bom trabalho, e foi isso que aconteceu, por isso vamos agora tentar perceber o que aí vem, mas é claro que ficamos muito orgulhosos."



"O Campeonato é nosso, tem que ser nosso"
"O mais importante para mim, é perceber aquilo que nós fizemos e é nisso que eu faço a minha análise. Não sei se fizemos a melhor 2.ª volta do futebol português, mas temos apenas um empate, fomos a equipa que igualou o recorde de 103 golos marcados, durante quatro meses fomos a melhor equipa a praticar futebol na minha opinião, com um calendário muito difícil como vocês sabem. Jogámos no Dragão, em Alvalade, Guimarães, Braga, Moreira de Cónegos, enfim, quando fazemos isto tudo, hoje o que eu disse aos jogadores foi que tínhamos de selar com uma grande exibição, com golos, porque o Campeonato é nosso, tem de ser nosso e não há outra forma de sair daqui."

Manter o "run a lot"
"No futuro temos de continuar a jogar em equipa, perceber que se tem de correr muito e só jogando em equipa é que podemos atingir os nossos objetivos."



A mensagem aos adeptos
"As coisas comigo saem com alguma naturalidade, eventualmente passar uma mensagem de que o futebol é muito importante, mas há coisas muito mais importantes na nossa vida e na nossa sociedade. Temos de perceber que, quando se perde, há que dar mérito a quem vence porque senão no dia que eu ganhar não terá o mesmo sabor. É muito importante os nossos adeptos olharem para os nossos adversários, quer FC Porto, quer Sporting, quer Braga, quer V. Guimarães. É começar a tratar pelos nomes e deixarem-se daquelas coisas dos apelidos. Que esta Reconquista seja também a Reconquista do bom futebol e das boas maneiras. Tem de se começar a valorizar também aquilo que os outros fazem. Que esta Reconquista seja um ponto de partida para começarmos a pensar que o futebol é importante, é determinante, mas há outras coisas que são muito mais importantes do que o futebol."

https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2018-2019/05/18/direto-bruno-lage-conferencia-imprensa-benfica-santa-clara-34-jornada-liga-nos

gaudenzi

  • *
  • Mensagens: 9290
  • Rumo ao #36
  • Awards: User do ano 2012
Re: SL Benfica vs Santa Clara [34ªJ Liga NOS | 18/05 | 18h30 | BTV]
« Responder #29 em: 19 de Maio de 2019, 04:03 »
Este jogo foi uma mera formalidade. Até o mais andrade dos portistas já sabia que o campeonato estava entregue desde Vila do Conde  :ler:

Rumo ao 38  :devil:

Nazgul

  • *
  • Mensagens: 35168
  • You, me and Devil makes three.
  • Awards: Vencedor Fantasy AVDA 2012/2013
Re: SL Benfica vs Santa Clara [34ªJ Liga NOS | 18/05 | 18h30 | BTV]
« Responder #30 em: 20 de Maio de 2019, 12:26 »
Este jogo foi uma mera formalidade. Até o mais andrade dos portistas já sabia que o campeonato estava entregue desde Vila do Conde  :ler:

Rumo ao 38  :devil:
Até pq mandaram fazer uma tarja a pensar nisso.

"Um dos paradoxos dolorosos do nosso tempo reside no facto de serem os estúpidos os que têm a certeza, enquanto os que possuem imaginação e inteligência se debatem em dúvidas e indecisões."

 

TinyPortal © 2005-2012