X
15 de Outubro de 2019, 15:01

Autor Tópico: Bruno Costa Carvalho e Grupo da Luz  (Lida 14990 vezes)

pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9965
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #250 em: 27 de Setembro de 2013, 00:43 »
Citação de: Facebook Bruno Carvalho
A FUGA PARA A FRENTE!

Todos os anos é que é!

Todos os anos é que vamos ser campeões!

Todos os anos temos o melhor plantel dos últimos 10 anos.

Rui Gomes da Silva, em notória campanha eleitoral, descobriu que o Benfica tinha o melhor plantel dos 20 anos.

Luís Filipe Vieira, que não lhe quer ficar atrás, afirma que o Benfica tem o melhor plantel dos últimos 30 anos!

E agora o objectivo deste ano é sermos Campeões Europeus!

Nós que nos últimos 20 anos perdemos 17 campeonatos nacionais.

Nós que com 12 anos de Vieira perdemos 10 campeonatos nacionais.

Nós que já deixamos os outros ser Tri-campeões.

Mas mesmo assim somos convidados a acreditar que este ano vamos ganhar a Champions.

E é assim que anda o Benfica!

De ilusão em ilusão até à desilusão final.

É muito triste!



Eis o Benfica versão trolha, e o homem nem falou na desgraça que vão as contas do clube..

fonseca

  • *
  • Mensagens: 17998
  • Carrega sem dó nem piedade
  • Awards: User do Ano 2013
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #251 em: 28 de Setembro de 2013, 10:44 »
Bruno Carvalho queixa-se de ter sido impedido de falar na Assembleia Geral...

O antigo candidato à presidência do Benfica, Bruno Carvalho, queixou-se esta noite de ter sido impedido de concluir a sua intervenção durante a Assembleia Geral do clube.
Bruno Carvalho diz nas redes sociais que terá sido impedido de falar porque fez «referência ao Passivo da SAD».

Mensagem:
«Acabei de abandonar a Assembleia Geral do Benfica quando estava a falar com os sócios do meu Clube.

O Vice-Presidente da Assembleia Geral, numa atitude lamentável e censória interrompeu a minha intervenção porque eu fiz referência ao Passivo da SAD e segundo ele só se podia falar das contas do Clube.

O que esse senhor parace não saber é que o Clube detém, directa e indirectamente, a maioria do capital da SAD pelo que é uma empresa participada e, portanto, eu tinha toda a legitimidade de abordar esse tema.

É pena que o Benfica se tenha tornado nisto, num Clube em que a opinião é controlada e onde a democracia está morta.

O Benfica era um Clube democrático quando não havia democracia em Portugal e agora é um Clube amarrado à estratégia de uma só pessoa.

Tenho vergonha.

Estou certo que Cosme Damião também teria vergonha».

Versão diferente, porém, é apresentada por fonte da direção do Benfica, tendo esclarecido que Bruno Carvalho não foi interrompido por falar do passivo do clube mas de «coisas completamente marginais. Foi-lhe também dito pelo vice-presidente da mesa que poderia abordar os assuntos que entendesse, mas no ponto destinado a assuntos fora da ordem dos trabalhos. Bruno Carvalho optou por abandonar a assembleia...

http://www.abola.pt/

Democracia Bieirista no seu melhor.Por muito que tentes imitar o teu a amigo PC,estás a anos luz de ser o presidente de todos os Benfiquistas.Nunca o serás...


NÃO SOU BENFIQUISTA DE CORAÇÃO,PORQUE ESSE UM DIA PÁRA.SOU BENFIQUISTA DE ALMA  PORQUE ESSA É ETERNA...

COSME DAMIÃO...

Hammett

  • *
  • Mensagens: 11522
  • O Campeão ressuscitou!
  • Awards: Vencedor Predictor 2014/2015User do ano 2014
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #252 em: 28 de Setembro de 2013, 11:52 »
Há muito que a democracia no Benfica se tornou Salazarista... Ou neste caso, Vieirista...
:gaitan:

Ramiro Lopes

  • *
  • Mensagens: 39001
  • Awards: User do Ano 2011User do Ano 2010
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #253 em: 28 de Setembro de 2013, 11:58 »
Felizmente no Benfica há sempre outra versão. Outra versão das assembleias, outra versão do passivo, outra versão da aposta na formação, outra versão para os resultados desportivos... enfim.
Winners focus on winning. Losers focus on Winners

Hammett

  • *
  • Mensagens: 11522
  • O Campeão ressuscitou!
  • Awards: Vencedor Predictor 2014/2015User do ano 2014
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #254 em: 28 de Setembro de 2013, 12:08 »
Felizmente no Benfica há sempre outra versão. Outra versão das assembleias, outra versão do passivo, outra versão da aposta na formação, outra versão para os resultados desportivos... enfim.

O problema não é haver duas versões; isso há sempre! O problema é haver tanta gente a acreditar nessa versão alternativa, de olhos fechados!
:gaitan:

Subsultans Papaver

  • *
  • Mensagens: 790
    • Sport Madeira e Benfica
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #255 em: 28 de Setembro de 2013, 12:25 »
E ainda havia malta que pensava que se podia mudar qualquer coisa nestas AG.

Quanta ingenuidade.
Sport Madeira e Benfica: o grupo do Facebook para todos os sócios e simpatizantes do Glorioso que sejam oriundos ou vivam no bonito arquipélago da Madeira!

pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9965
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #256 em: 28 de Setembro de 2013, 14:33 »
Engraçado que quando alguém elogiava o trolhismo e tudo o que esta direcção faz não lhes cortavam a fala, mesmo que se desviassem do assunto, já o contrário, começavam com avisos, mesmo quando muitos usavam frases que estavam no próprio R&C.

keivy

  • *
  • Mensagens: 29937
  • Li (L) Benfica
  • Awards: Vencedor Predictor 2017/18User do Ano 2016
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #257 em: 28 de Setembro de 2013, 15:00 »
Eu louvo quem tem força para continuar a lutar por ideais certos e melhores políticas para devolver a seriedade, competência e transparência ao Benfica. É frustrante lutar por pessoas/sócios que nem estão para aí virados.

O mesmo se passa no país. Eu não tinha paciência sinceramente.

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13591
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #258 em: 29 de Setembro de 2013, 02:48 »
Eu louvo quem tem força para continuar a lutar por ideais certos e melhores políticas para devolver a seriedade, competência e transparência ao Benfica. É frustrante lutar por pessoas/sócios que nem estão para aí virados.

O mesmo se passa no país. Eu não tinha paciência sinceramente.

Eu acho que tens toda a razão.
Eu só ainda vou lá às AG's porque como não vou ver nada de bancada no clube, ao menos tenho um motivo para me manter como sócio!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9965
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #259 em: 01 de Outubro de 2013, 21:37 »
Citação de: Bruno Carvalho

OS 5 PROBLEMAS QUE O BENFICA ENFRENTA - PARTE 1/5

Há 5 questões essenciais que ensombram, actualmente, o Benfica:

1. Crise de resultados
2. Situação financeira problemática
3. Um problema de identidade
4. Um problema associativo
5. Um problema de liderança

Detalhemos, então:

1. CRISE DE RESULTADOS

A crise de resultados provém, sem qualquer sombra de dúvida, da falta de organização do Benfica.

O Benfica não tem uma estrutura competente no futebol.

Não há um rumo.

Uns anos o Presidente assume o futebol, outros anos afasta-se.

Não há método, não há planeamento, não há estratégia.

O Benfica continua a ser uma feira de vaidades em que cada um faz o que lhe apetece.

O treinador aparece aos olhos de toda a gente como tendo demasiado poder, o que é o potencial escape do Presidente se as coisas correrem mal.

Nunca me hei-de esquecer como Vieira sacrificou publicamente Rui Costa responsabilizando-o pela escolha de Quique Flores.

Ainda hoje estou por entender como é que Rui Costa não se demitiu nesse dia.

Mas não nos desviemos do assunto.

Todos reconhecem que no Benfica a estrutura é má e débil.

Basta pensarmos a quantas reestruturações já assistimos para percebermos que não sabem ao certo o que andam a fazer.

Nos 12 anos em que Vieira está à frente do futebol, ele nunca foi capaz de criar uma estrutura sóbria e eficaz.

Se não foi capaz até agora, não o vai ser nunca.

Em 12 anos à frente do futebol, dos quais 10 como Presidente, Vieira perdeu 10 campeonatos.

A incapacidade de alcançar resultados desportivos é óbvia.

E tão óbvia que foi com Vieira à frente dos destinos do Benfica que vimos o Porto ultrapassar-nos em número de títulos e a aproximar-se, vertiginosamente, em número de campeonatos.



pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9965
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #260 em: 01 de Outubro de 2013, 21:38 »
Citação de: Bruno Carvalho
OS 5 PROBLEMAS QUE O BENFICA ENFRENTA – PARTE 2/5

2. SITUAÇÃO FINANCEIRA PROBLEMÁTICA

A estabilização financeira do Benfica, apregoada por muitos, deve ser a maior falácia, a maior mentira contada nos últimos anos aos Benfiquistas.

O Benfica Clube e a Benfica SAD registam prejuízos ano após ano.

O Benfica Clube e a Benfica SAD estão, ambos, em falência técnica, e em vez de ser corrigida, essa situação agrava-se de ano para ano.

O passivo do Universo Benfica ultrapassa os 500 milhões de euros e os negócios estranhos não param de surgir.

Quer no Clube quer na SAD o Passivo é maior do que o Activo.

O património do Benfica tem aumentado, mas não é pago.

E pagar um Passivo tão grande não se afigura fácil porque os Activos principais não são vendáveis. Vamos vender o Estádio? Vamos vender a equipa de futebol?

O Passivo do Benfica é assustador, galopante e, por exemplo, bastante superior (quase o dobro) ao de um clube como o Barcelona.

Esta situação é, para além de muito perigosa, totalmente insustentável e mais tarde ou mais cedo os Benfiquistas perceberão que tenho razão.

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13591
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #261 em: 02 de Outubro de 2013, 11:34 »
Claro que ele tem razão!
Mas ainda pior, os activos que o Benfica (SAD) considera como "equilibradores" do passivo, são na sua generalidade completamente voláteis. Ou seja, viu-se agora com o Salvio que bastou uma lesão para que um activo de cerca de 20 milhões passasse a valer ZERO!
Temos dívidas bem reais e activos muito discutíveis!

Isto já para não falar no Estádio, cujo único valor real é mesmo o terreno onde está implantado, sendo que os custos de demolição seriam exorbitantes, a ponto de fazerem com que aquilo valha muito pouco, ou mesmo nada. E claro, nada está pago!

 
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

fonseca

  • *
  • Mensagens: 17998
  • Carrega sem dó nem piedade
  • Awards: User do Ano 2013
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #262 em: 02 de Outubro de 2013, 11:38 »
Eu não acredito que passe a zero,se falas em desvalorização,tens de lhe atribuir um valor.E não zero...  :ler:
NÃO SOU BENFIQUISTA DE CORAÇÃO,PORQUE ESSE UM DIA PÁRA.SOU BENFIQUISTA DE ALMA  PORQUE ESSA É ETERNA...

COSME DAMIÃO...

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13591
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #263 em: 02 de Outubro de 2013, 12:05 »
Eu não acredito que passe a zero,se falas em desvalorização,tens de lhe atribuir um valor.E não zero...  :ler:

Zero é um valor!
Aliás, neste momento, o Salvio vale mesmo isso - Zero!
Desde logo porque ninguém compra um jogador lesionado...
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Nazgul

  • *
  • Mensagens: 35304
  • You, me and Devil makes three.
  • Awards: Vencedor Fantasy AVDA 2012/2013
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #264 em: 02 de Outubro de 2013, 12:07 »
Isso não é tão literal assim, depende se ele tem uma lesão irrecuperável ou não. Neste caso não parece, portanto o valor dele neste momento está suspenso até que ele esteja recuperado para se ver se mantém o mesmo. Não passa a zero só pq se lesionou.

"Um dos paradoxos dolorosos do nosso tempo reside no facto de serem os estúpidos os que têm a certeza, enquanto os que possuem imaginação e inteligência se debatem em dúvidas e indecisões."

fonseca

  • *
  • Mensagens: 17998
  • Carrega sem dó nem piedade
  • Awards: User do Ano 2013
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #265 em: 02 de Outubro de 2013, 12:17 »
Eu não acredito que passe a zero,se falas em desvalorização,tens de lhe atribuir um valor.E não zero...  :ler:

Zero é um valor!
Aliás, neste momento, o Salvio vale mesmo isso - Zero!
Desde logo porque ninguém compra um jogador lesionado...


Eu sei que zero também é numero.Mas daí a dizeres que vale isso,são outros tantos.Relembro que já vi jogadores lesionados a serem transferidos para outros clubes por valores consideráveis...
NÃO SOU BENFIQUISTA DE CORAÇÃO,PORQUE ESSE UM DIA PÁRA.SOU BENFIQUISTA DE ALMA  PORQUE ESSA É ETERNA...

COSME DAMIÃO...

pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9965
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #266 em: 02 de Outubro de 2013, 12:58 »
Citação de: Bruno Carvalho
OS 5 PROBLEMAS QUE O BENFICA ENFRENTA – PARTE 3/5

3. UM PROBLEMA DE IDENTIDADE

Depois de termos um Presidente que foi preso, precisávamos de ter um Presidente sólido e inquestionável.

Manuel Vilarinho era isso, mas Vieira não é.

Começa logo pela confusão da sua antiguidade de sócio. Afinal quando é que o Presidente diz a data em que recebeu o seu emblema de prata e qual foi o Presidente do Benfica que lho entregou?

E depois Vieira tinha fortes ligações ao FC Porto. Era sócio desse clube, era frequentador do Camarote de Pinto da Costa, era amigo de Joaquim Oliveira, e era e é amigo de Fernando Gomes tendo-o, inclusivamente, apoiado, há pouco tempo, para Presidente da FPF.

Penso que todos os Benfiquistas, mesmo os mais “Vieiristas”, lá no fundo, têm algumas dúvidas sobre o Benfiquismo de Vieira.

E isso reflecte-se por todo o Benfica.

O Benfica está cheio de infiltrados sportinguistas e portistas como nunca aconteceu na sua história.

É algo absolutamente incompreensível e que muito afecta a identidade do Clube.

Sinceramente, não imagino o Real Madrid com reconhecidos adeptos do Barcelona a trabalharem lá.

Se é um absurdo no Real Madrid porque é que é natural no Benfica?

É que não é nada natural!

Pelo caminho perdeu-se a noção do que é ser-se do Benfica.

Perdeu-se aquele identidade de clube popular, de entreajuda, perdeu-se o sentido do nosso lema “e pluribus unum”.

De um Clube que jogava só com portugueses passamos a jogar só com estrangeiros em muitos jogos e em que os miúdos das nossas escolas vêem as portas da equipa principal a fecharem-se para eles.

A figura de capitão de equipa, que era algo mítico no Benfica, viu perder a sua importância e o respeito que gerava.

E perdeu-se exigência.

No Benfica que eu conhecia só o primeiro lugar satisfazia.

No Benfica que eu conhecia ganhava-se, não se andava a dizer que se ia ganhar.

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13591
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #267 em: 03 de Outubro de 2013, 11:23 »
Eu não acredito que passe a zero,se falas em desvalorização,tens de lhe atribuir um valor.E não zero...  :ler:

Zero é um valor!
Aliás, neste momento, o Salvio vale mesmo isso - Zero!
Desde logo porque ninguém compra um jogador lesionado...


Eu sei que zero também é numero.Mas daí a dizeres que vale isso,são outros tantos.Relembro que já vi jogadores lesionados a serem transferidos para outros clubes por valores consideráveis...

Só se for um clube angolano...
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Jasmin

  • *
  • Mensagens: 3847
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #268 em: 03 de Outubro de 2013, 18:28 »
Citação de: Bruno Carvalho
OS 5 PROBLEMAS QUE O BENFICA ENFRENTA – PARTE 3/5

3. UM PROBLEMA DE IDENTIDADE

Depois de termos um Presidente que foi preso, precisávamos de ter um Presidente sólido e inquestionável.

Manuel Vilarinho era isso, mas Vieira não é.

Começa logo pela confusão da sua antiguidade de sócio. Afinal quando é que o Presidente diz a data em que recebeu o seu emblema de prata e qual foi o Presidente do Benfica que lho entregou?

E depois Vieira tinha fortes ligações ao FC Porto. Era sócio desse clube, era frequentador do Camarote de Pinto da Costa, era amigo de Joaquim Oliveira, e era e é amigo de Fernando Gomes tendo-o, inclusivamente, apoiado, há pouco tempo, para Presidente da FPF.

Penso que todos os Benfiquistas, mesmo os mais “Vieiristas”, lá no fundo, têm algumas dúvidas sobre o Benfiquismo de Vieira.

E isso reflecte-se por todo o Benfica.

O Benfica está cheio de infiltrados sportinguistas e portistas como nunca aconteceu na sua história.

É algo absolutamente incompreensível e que muito afecta a identidade do Clube.

Sinceramente, não imagino o Real Madrid com reconhecidos adeptos do Barcelona a trabalharem lá.

Se é um absurdo no Real Madrid porque é que é natural no Benfica?

É que não é nada natural!

Pelo caminho perdeu-se a noção do que é ser-se do Benfica.

Perdeu-se aquele identidade de clube popular, de entreajuda, perdeu-se o sentido do nosso lema “e pluribus unum”.

De um Clube que jogava só com portugueses passamos a jogar só com estrangeiros em muitos jogos e em que os miúdos das nossas escolas vêem as portas da equipa principal a fecharem-se para eles.

A figura de capitão de equipa, que era algo mítico no Benfica, viu perder a sua importância e o respeito que gerava.

E perdeu-se exigência.

No Benfica que eu conhecia só o primeiro lugar satisfazia.

No Benfica que eu conhecia ganhava-se, não se andava a dizer que se ia ganhar.

MUITO BEM !
ASSINO POR BAIXO !
Contra a Santa Aliança ganhar, ganhar

pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9965
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #269 em: 07 de Outubro de 2013, 20:11 »
Citação de: Bruno Carvalho
OS 5 PROBLEMAS QUE O BENFICA ENFRENTA – PARTE 4/5

4. UM PROBLEMA ASSOCIATIVO

Sem dúvida que em matéria associativa, o Benfica atravessa o que talvez seja o seu momento mais baixo.

O Benfica que era dos sócios já não o é.

Para vergonha do Benfica, nem nas Assembleias Gerais os sócios podem usar livremente da palavra. Se aos censores do Clube não agradar o que é dito, a palavra dos sócios é imediatamente cortada ao som de buzinadelas.

O Benfica tem uns estatutos miseráveis que protegem quem manda actualmente no Clube visando a sua perpetuação no poder e para revê-los, em Assembleia Geral Extraordinária, é precisa a presença de, pelo menos, 50.000 sócios.

Hoje os sócios podem chumbar as contas do Clube e nada acontece e a Direcção não é obrigada a reapresentá-las.

Hoje a Direcção pode vender a participação do Clube na Benfica TV sem perguntar nada aos sócios.

Num Clube com 250 mil sócios, haverá uns 5 mil que se podem candidatar a Presidente tal a exigência estatutária que, muito provavelmente, nem o actual Presidente cumpre.

E veja-se o poder desmesurado das Casas do Benfica.

Todos nos devemos orgulhar das nossas Casas do Benfica, mas nada justifica o seu peso eleitoral capaz de distorcer a vontade dos sócios do Clube.

E o que dizer do desnível que vai dos 50 votos para 1 voto, o que tornou o Benfica refém de alguns que estão satisfeitos com a sua falsa noção de poder afastando os mais jovens, os mais dinâmicos?

E porque é que no Benfica não há debates em períodos eleitorais discutindo-se projectos?

E porque é que o Benfica não resolve o problema das suas claques?

E porque é que o Benfica não é atencioso com os sócios que têm lugar anual no Estádio quando estes assinam a Benfica TV, quando o canal do Clube só transmite os jogos em casa?

E porque é que há a sensação que os sócios são tratados como clientes em vez de se perceber que eles são os verdadeiros donos do Clube?

É que o Benfica é um clube!

A razão de existir do Benfica são os seus sócios.

A actual situação é lamentável, triste e nada condizente com a história do Benfica.

pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9965
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #270 em: 07 de Outubro de 2013, 20:13 »
Citação de: Bruno Carvalho
OS 5 PROBLEMAS QUE O BENFICA ENFRENTA – PARTE 5/5

5. UM PROBLEMA DE LIDERANÇA

A questão da liderança é transversal a todos os problemas anteriormente apontados.

Uma liderança forte e esclarecida não permitiria que o Benfica estivesse na situação em que se encontra.

O Benfica não pode ter um Presidente que se ausenta nos momentos mais delicados da época.

O Benfica não pode ter um líder que se esconde no balneário quando joga no estádio do principal rival.

O Benfica não pode ser presidido por alguém que falta a uma final europeia numa das modalidades mais acarinhadas pelos sócios.

O Benfica não pode ter um Presidente que não assume responsabilidades e que procura permanentemente bodes expiatórios quando as coisas correm mal.

O Benfica não pode ter um Presidente que diz que não pode ser responsabilizado pelos resultados desportivos.

O Benfica não pode ter um Presidente que não sabe traçar objectivos e os muda porque não conseguiu vender nenhum dos jogadores que queria.

O Benfica não pode ter um Presidente que diz lutar contra o sistema há anos a fio e que, pelos vistos, todos os anos é derrotado por esse mesmo sistema.

O Benfica não pode ter um Presidente que diz lutar contra o sistema e que apoia Fernando Gomes e Vítor Pereira e, depois, recebe o Pedro Proença no Seixal com um tapete vermelho.

O Benfica não pode ter um Presidente agarrado ao lugar e que afasta os sócios da vida associativa e que despreza a iniciativa e a força dos mais jovens.

O Benfica não pode ter um Presidente que apenas visa manter sob controlo as Casas do Benfica, desprezando ou ignorando os sócios do Clube.

O Benfica não pode ter um Presidente em part-time que entre o Clube e os seus negócios particulares não hesita em privilegiar a sua vida pessoal.

O Benfica não pode ter no Braga um dos seus piores inimigos e depois ter a empresa do Presidente do Braga a construir o Centro de Estágios e os dois Presidentes terem negócios no Brasil e, talvez, noutros pontos do mundo.

O Benfica não pode ter um Presidente que dá explicações tontas sobre os negócios de Roberto e Pizzi.

O Benfica não pode ter um Presidente que finge não ver que há pessoas que têm dúvidas quanto à sua antiguidade de sócio e não esclarece o assunto de vez com clareza.

Nada disto bate certo.

Nada.

AS SOLUÇÕES

Até agora elenquei os principais problemas do Benfica.

Nos próximos dias apontarei as soluções que tenho preconizado para estas múltiplas questões que nos afligem como Benfiquistas que amamos o nosso Clube.



Não vejo o Bruno Carvalho ser presidente do Benfica, mas se arranjar uma lista com as pessoas certas considerarei e tendo em conta o projecto, votar na lista em que ele faça parte.
« Última modificação: 07 de Outubro de 2013, 20:18 por pirralho92 »

ucallmegod

  • *
  • Mensagens: 7423
  • Awards: User do Ano 2015Vencedor Predictor 2013/2014
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #271 em: 14 de Outubro de 2013, 21:43 »
Citar
A AVALIAÇÃO DE LUÍS FILIPE VIEIRA

Em diversos sítios fazem-se avaliações do desempenho dos vários Presidentes do Benfica tentando-se perceber quem foram os melhores e os piores.

Normalmente usam-se rácios que comparam títulos ganhos com número de anos de mandato ou outros indicadores do género.

Hoje, vou explicar-vos, com total clareza e frontalidade porque é que considero que Luís Filipe Vieira está a par de Vale e Azevedo como o pior Presidente dos tempos modernos do Benfica e, também a par de Vale e Azevedo, como o mais perigoso que conheci.

Irei, de seguida, avaliar a actuação de Luís Filipe Vieira sob 3 prismas distintos: Resultados Desportivos, A Vida Associativa do Clube e o Desempenho Económico-Financeiro

1. RESULTADOS DESPORTIVOS

A 1ª época em que Luís Filipe Vieira foi responsável pelo futebol do Benfica foi a de 2001/2002, o que significa que Vieira é responsável directo pelos 12 últimos campeonatos, tendo ganho 2 e perdido 10.

Vieira já entrou para a história como o Presidente que perdeu mais campeonatos e parece que não vai ficar por aqui...

Curioso será registar que no ano em que ganhou pela 1ª vez, em 2005, não conseguiu ou não quis manter o treinador campeão – Trapattoni – nem segurou o seu Director Desportivo, José Veiga.

Já em 2010, ano do seu 2º e último título, após a vitória no campeonato, Vieira apressou-se a dizer que ganhar 1 só campeonato não servia para nada e que o Benfica iria ganhar 2 ou 3 seguidos.

No entanto, um tal de André Villas-Boas estragou-lhe os planos, o FC Porto ganhou tudo nesse ano e ainda nos deu 5 nas Antas num dos dias mais humilhantes que vivi.

Enfim, estes péssimos resultados desportivos são muitas vezes atribuídos a um sistema que Luís Filipe Vieira não sabe ou não quer combater.

Penso que se alguém quisesse enfrentar os poderes do futebol português nunca apoiaria Fernando Gomes para Presidente da FPF, nem apoiaria Vítor Pereira para Presidente do Conselho de Arbitragem, nem sequer deixaria Pedro Proença ir falar ao Seixal.

Para além de toda a impotência e falta de capacidade para ganhar, a gestão desportiva tem-se pautado por um número quase sem fim de aquisições, tendo-se passado a jogar com uma equipa quase só de estrangeiros, havendo um total desaproveitamento dos escalões mais jovens.

É um Clube à deriva, em que um ano Vieira diz que assume o futebol, noutro ano o futebol é entregue a outra pessoa, sem se perceber a estratégia, sem se perceber a estrutura, sem se perceber os objectivos e com um Presidente que quando tem que decidir entre o Clube e o seus negócios privados não hesita em deixar o Benfica para segundo plano.

E os resultados desta barafunda estão bem à vista.

2. A VIDA ASSOCIATIVA DO CLUBE

Pior ainda que os resultados desportivos, está o desempenho de Vieira na vida associativa do Sport Lisboa e Benfica.

Alguns, mais permeáveis à propaganda, até poderão dar-lhe uma nota positiva face ao crescimento do número de sócios do clube.

Mas o problema é que não cresceu o número de sócios. O que cresceu foi o número de clientes.

A verdade é que os sócios deixaram de ser vistos como sócios, mas apenas como clientes, como alguém que pode gerar receitas para o Benfica. De resto, o desrespeito pelos sócios é total.

Os sócios deixaram de ser ouvidos em matérias tão sensíveis como a venda de Televisão do Clube à SAD.

O sentido de voto dos sócios, na aprovação ou chumbo das contas do Clube, deixou de interessar.

Criou-se um sistema tão díspar da importância dos sócios que 200 sócios com direito a 50 votos valem tanto com 10.000 sócios com direito a 1 voto.

Deu-se tanto poder eleitoral às Casas do Benfica que, com uns favores que se lhes conceda, está garantida a perpétua reeleição de quem dirige o Benfica.

Criaram-se uns estatutos que impedem a vida democrática do Clube, dificultando-se, ao máximo, a convocação de Assembleias Gerais Extraordinárias e impedindo, na prática, que seja convocada uma para rever esses estatutos.

As Assembleias Gerais que existem tornaram-se caricatas e ao estilo de qualquer ditadura impedem os sócios de falar, cortando-lhes a palavra sempre que não gostam do que é dito.

De um clube que era democrático quando não havia democracia em Portugal, o Benfica tornou-se um clube com todos os tiques ditatoriais em que há o culto da personalidade, chegando-se mesmo ao cúmulo de assistirmos ao capitão de equipa de futebol dizer que os jogadores correram pelo Presidente.

Se acham que eu estou a exagerar, reparem só no que o “site” do Benfica escreveu sobre Luís Filipe Vieira na secção em que fala dos Presidentes: “Luís Filipe Vieira chegou à Presidência com a responsabilidade de devolver o Clube às suas glórias passadas, tendo-o conseguido com sucesso”. Isto é a perfeita idolatração de um líder que se faria numa Coreia do Norte, mas que é uma coisa profundamente indigna para o Benfica.

Finalmente, e ainda dentro deste capítulo, parece-me que a questão da autenticidade do número de sócio de Luís Filipe Vieira é fundamental.

É importante porque Vieira impôs 25 anos consecutivos de sócio para alguém poder ser Presidente do Benfica, logo é crucial saber se ele próprio cumpre esse requisito.

Mas mais importante do que isso, é fulcral saber se o actual Presidente do Benfica seria capaz ou não de viver com um número de sócio falsificado.

Trata-se de uma questão de carácter e de honorabilidade.

Por isso estranho que Vieira nunca tenha respondido à questão de se saber quando é que recebeu o seu emblema de prata que é entregue aos sócios que cumprem 25 anos de associado, qual foi o Presidente que lhe atribuiu e entregou o seu emblema e em que Jornal do Benfica vem publicado o seu nome na listagem que avisa os sócios que iriam receber o emblema como acontece com todos os sócios.

Seria importante clarificar rapidamente essa questão, até para acabar com essas suspeitas que afectam o bom nome do Presidente do Benfica.

3. DESEMPENHO ECONÓMICO-FINANCEIRO

É esta a questão central que me leva a considerar Luís Filipe Vieira como o mais perigoso Presidente do Benfica a par de Vale e Azevedo.

É verdade que Vieira conferiu ao Benfica, aquilo que alguns Benfiquistas gostam de chamar de “estabilização” do Clube.

Depois de um tempo de sobressaltos em que viveu com Vale e Azevedo, o Benfica precisava de retomar a sua credibilidade, pagar os seus compromissos e repor o seu bom nome na praça.

Posso estar enganado, mas foi Manuel Vilarinho quem ganhou as eleições a Vale e Azevedo, foi com Manuel Vilarinho que o Benfica voltou a honrar os seus compromissos e foi Manuel Vilarinho quem construiu o novo estádio.

Mas vamos ignorar o papel de Manuel Vilarinho, como tantos Benfiquistas, ou melhor, Vieiristas gostam de fazer.

Assim, é verdade que Vieira fez obra: ajudou na construção do estádio, construiu o centro de estágios, construiu o museu e lançou a Benfica TV.

Muito bem. Tudo obras de mérito.

Também é verdade que com Vieira nunca se ouviu falar de atrasos de pagamentos como acontecia no tempo de Vale e Azevedo.

Mas como é que tudo isso foi conseguido?

Existiu o tal milagre financeiro de que Vieira gosta de falar?

A verdade é que não.

Não houve qualquer “milagre”.

O que é extraordinário é que de tudo o que foi feito, nada foi pago.

O Passivo do Benfica que era de 80 milhões quando Vale e Azevedo saiu, passou para 440 milhões na SAD e de 120 milhões no Clube, ultrapassando largamente os 500 milhões de euros.

O que aconteceu não foi uma boa gestão, mas sim a “abertura da torneira” por parte dos bancos.

E porquê que isso aconteceu?

Foi pela credibilidade de Vieira?

Pois eu acho que não.

Eu temo que este sobreendividamento do Benfica não seja inocente.

É preciso perceber que o passivo do Benfica é quase o dobro do endividamento do Barcelona e está exactamente ao nível do endividamento do Real Madrid, sendo que o Passivo Bancário do Benfica é claramente superior a qualquer um destes clubes espanhóis.

No dia em que a banca parar de conceder crédito, o Benfica não terá capacidade para pagar as dívidas e não terá sequer capacidade para pagar as suas contas do dia-a-dia, uma vez que todos os anos precisa de mais e mais dinheiro para fazer face às suas despesas, registando sempre exercícios deficitários.

A verdade é que Clube e SAD estão, ambos, em falência técnica e a situação, em vez de ser corrigida, agrava-se de ano para ano como se tal fosse intencional, premeditado.

O Benfica está a ser conduzido a uma situação de não retorno, de ruptura financeira para que um dia outro remédio não haja do que vender capital da SAD a alguém.

Não estranharia nada, mas mesmo nada, que esse alguém já estivesse identificado.

Este é o perigo real com que se depara o Benfica e os Benfiquistas.

Há muitos que não se importam que o Benfica seja vendido a um estrangeiro qualquer que traga uns jogadores sonantes e que passe a ser o dono do Clube.

Eu importo-me. E muito.

Em Amesterdão vi o que era o Chelsea de Abramovich: um clube partido, mais russo do que inglês, cheio de adeptos russos que hostilizavam os próprios ingleses. Enfim..., uma vergonha.

Eu não quero isso para o meu Benfica, para o nosso Benfica.

Estão a descaracterizar o nosso Clube.

Estão a matar o nosso Clube.

Já só jogamos com estrangeiros, o capitão de equipa perdeu o seu estatuto ímpar na sociedade portuguesa, deixámos de ser um clube democrático e deixámos de ser um clube do povo.

Passámos a ser um clube “business”, um clube “corporate”, longe do seu cariz popular e perto das negociatas como as de Roberto e Pizzi.

O Benfica está à beira do abismo.

De um clube altivo e ganhador, passámos a um clube de queixumes e perdedor.

Vieira transformou o Benfica num clube de ilusões, mas que vive de desilusão em desilusão.

Sei que muitos dos mais novos, porque não conheceram outro Benfica, acham que devemos estar muito gratos ao papel que Vieira teve no Benfica.

Eu não estou.

Acho que Vieira está no limiar de destruir, para sempre, o meu, o nosso Benfica.

Não sei se ainda vamos a tempo de salvar o Benfica.

Bruno Carvalho
O Benfica é mais que um clube, é um conceito.

pirralho92

  • *
  • Mensagens: 9965
  • Avante, avante p'lo Benfica!
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #272 em: 14 de Outubro de 2013, 22:15 »


Citar
O que é extraordinário é que de tudo o que foi feito, nada foi pago.

O Passivo do Benfica que era de 80 milhões quando Vale e Azevedo saiu, passou para 440 milhões na SAD e de 120 milhões no Clube, ultrapassando largamente os 500 milhões de euros.

No dia em que a banca parar de conceder crédito, o Benfica não terá capacidade para pagar as dívidas e não terá sequer capacidade para pagar as suas contas do dia-a-dia, uma vez que todos os anos precisa de mais e mais dinheiro para fazer face às suas despesas, registando sempre exercícios deficitários.


 :xaram:


Até quando vão os sócios do Benfica permitir que isto continue?
« Última modificação: 14 de Outubro de 2013, 22:17 por pirralho92 »

AguiaNina_SLB

  • *
  • Mensagens: 5619
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #273 em: 14 de Outubro de 2013, 23:03 »


Citar
O que é extraordinário é que de tudo o que foi feito, nada foi pago.

O Passivo do Benfica que era de 80 milhões quando Vale e Azevedo saiu, passou para 440 milhões na SAD e de 120 milhões no Clube, ultrapassando largamente os 500 milhões de euros.

No dia em que a banca parar de conceder crédito, o Benfica não terá capacidade para pagar as dívidas e não terá sequer capacidade para pagar as suas contas do dia-a-dia, uma vez que todos os anos precisa de mais e mais dinheiro para fazer face às suas despesas, registando sempre exercícios deficitários.


 :xaram:


Até quando vão os sócios do Benfica permitir que isto continue?

É uma pergunta à qual não te sei responder, mas só quando os sócios do Benfica acordarem. Pode é já ser tarde demais, devido ao mar de dívidas, e ao tal crédito que ainda nos é concedido para por os pagamentos dos jogadores em dia, as tais contas do dia a dia.
O problema é que se o Benfica foi vendido por falta de credibilidade à banca, não me acredito que seja a um estrangeiro, mas a algum elemento de cor azulada e que acabe de vez com o nosso Benfica.
Gosto da forma que o Bruno Carvalho, aponta os defeitos do Vieira. Mas não chega só falar, é preciso acção, e que as palavras ditas, não sejam meras promessas. Ou uma lista de reclamações.
Não estou a ver o Bruno Carvalho como futuro presidente do Benfica (e não estou a falar apenas de só poder ser candidato em 2027, para fazer os 25 anos de sócio).
Mas que é preciso mudar é, mas mudar para melhor. E quem muda, Deus Ajuda.

Cumprimentos, Águia!

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13591
Re: Bruno Carvalho e Grupo da Luz
« Responder #274 em: 15 de Outubro de 2013, 00:15 »
Acção?
Não há nada a fazer, o mal está feito!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

 

TinyPortal © 2005-2012