X
20 de Junho de 2019, 08:14

Votação

Horário permanente: qual preferem?

Horário de Verão
Horário de Inverno

Autor Tópico: E assim vai o nosso país...  (Lida 128038 vezes)

AguiaNina_SLB

  • *
  • Mensagens: 5415
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6125 em: 14 de Janeiro de 2019, 15:00 »
Dê para onde der, é preciso investir na Ala Pediatrica do S.JOÃO.

E novo areoporto, seja ele no Montijo ou noutro lado.
Grande parte das receitas em Portugal, provém do Turismo. Há cada vez mais gente a visitar-nos e precisam de infraestruturas.

AguiaNina_SLB

  • *
  • Mensagens: 5415
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6126 em: 14 de Janeiro de 2019, 15:09 »
Em relação ás escolas que estão a cair de podres, um bom exemplo é o Alexandre Herculano que chovia lá dentro. É uma obra que salvo erro jà está a ser intervencionada.

O dinheiro não pode ser esbanjado, mas também não pode, nem deve estar eternamente nos cofres do estado, a encher os bolsos dos políticos.

assusboy

  • *
  • Mensagens: 8556
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6127 em: 14 de Janeiro de 2019, 16:58 »
O problema é mesmo o que diz o Gaudenzi com o conhecimento de causa de estar por dentro do assunto, a forma como as coisas são conduzidas, porque as obras em si realmente são necessárias... Infelizmente a escolha é entre deixar tudo a cair aos bocados ou esbanjar dinheiro. O tempo do Sócrates coincidiu com o meu tempo no ensino secundário, a escola onde eu andei levou obras e ficou com umas condições bastante boas, pelo menos para a média, quem a utilizava no dia a dia notou bem a diferença e usufruiu dessas melhorias, infelizmente tudo isso teve as consequências que sabemos mas se for imaginar como ela estaria actualmente se não tivesse sido intervencionada nessa altura também não é nada animador.
« Última modificação: 14 de Janeiro de 2019, 17:00 por assusboy »

Botasis

  • *
  • Mensagens: 992
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6128 em: 15 de Janeiro de 2019, 09:53 »

E novo areoporto, seja ele no Montijo ou noutro lado.


o novo aeroporto é uma das maiores palhacadas deste pais, gastaram rios de dinheiro em estudos, alcochete, montijo, ota. Tudo deitado pia abaixo. Depois em desespero é Montijo tudo assinado, mas nao ha estudo impacto ambiental e se for negativo nao ha aeroporto. O que se faz em cima do joelho é surreal. :facepalm:
E quem conhece a margem sul o que nao falta sao terrenos planos prontos pra fazer 50 aeroportos ocupados por vacas e chaparros, pagar umas indeminizacoes, por cimento no chao e os avioes estavam a aterrar num instante.

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6129 em: 15 de Janeiro de 2019, 09:58 »
Se efectivamente querem desenvolver o interior e acabar com a pressão imobiliária e rodoviária em Lisboa, era mesmo usar o aeroporto de Beja!
Muito mais económico, muito mais seguro e iria desenvolver efectivamente uma área do interior!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Botasis

  • *
  • Mensagens: 992
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6130 em: 15 de Janeiro de 2019, 16:14 »
Beja é longe para caraças, e so tem estradas, se já tentaste lá ir de comboio é uma aventura nada engraçada. Mas entre Alcochete e Vendas Novas tem mato pra fazer 50 aeroportos sem chatear ninguem, nem bichos, nem pessoas, nem casas. Aquilo é que é mesmo um deserto e tudo terreno plano

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6131 em: 15 de Janeiro de 2019, 16:53 »
http://Só que em Alcochete ou mesmo Vendas Novas, não tiras ninguém da grande Lisboa.
A ideia era aproveitar o existente em Beja e sobretudo mudar a centralidade de Lisboa. Os acessos a Lisboa já existem por Estrada, mas far-se-ia uma minha de comboio.
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Botasis

  • *
  • Mensagens: 992
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6132 em: 15 de Janeiro de 2019, 17:59 »
nao percebo muito de aeroportos, mas acho que se alguem quisesse ir pra Beja, ia pra Beja, o aeroporto esta la ha anos. Nao ha interesse de ninguem em aterrar em Beja.
O novo aeroporto acho que tem ser perto de Lisboa ou ninguem quer ir pra lá, e nao me parece que forçar as coisas seja solução.

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6133 em: 17 de Janeiro de 2019, 10:18 »
O problema de ter que se continuar a atafulhar Lisboa com tudo é a tal questão de actualmente existirem políticos e não estadistas!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Botasis

  • *
  • Mensagens: 992
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6134 em: 17 de Janeiro de 2019, 11:09 »
O problema de ter que se continuar a atafulhar Lisboa com tudo é a tal questão de actualmente existirem políticos e não estadistas!

tens razão mas isso já sabemos como é, Lisboa e Porto e o resto é paisagem. Agora nem estações de correios tens se sais das grandes cidades  :facepalm:

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6135 em: 18 de Janeiro de 2019, 08:33 »
Mas o Costa disse que uma das prioridades do seu governo seria desenvolver o interior.
Devia estar-se a referir à pança dele...
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Botasis

  • *
  • Mensagens: 992
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6136 em: 18 de Janeiro de 2019, 17:51 »
Mas o Costa disse que uma das prioridades do seu governo seria desenvolver o interior.
Devia estar-se a referir à pança dele...


o costa disse isso  :crazy: O plano de investimentos que apresentou é porto e lisboa e pouco mais  :facepalm:

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6137 em: 18 de Janeiro de 2019, 18:35 »
Ainda hoje voltou a repetir essa treta numa qualquer inauguração no IP3...
A UE avisou agora mesmo que a dívida pública portuguesa é um caso preocupante!
O "professor" Mário Nogueira acha que não...
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6138 em: 21 de Janeiro de 2019, 12:56 »
Parece que ontem houve problemas na Luanda do Seixal...
Admiro cada vez mais a calma e a brandura dos agentes da PSP para com aquele gente!
As esganiçadas do Bloco de esquerda, é claro, estão do lado dos angolanos...
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Botasis

  • *
  • Mensagens: 992
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6139 em: 21 de Janeiro de 2019, 19:35 »
os policias deviam era ter aberto umas cabeças. Quanto á esquerdalha que se esperava, pobres dos pretinhos que mandaram pedras á policia  :facepalm:

E ainda foram fazer merda pra Lisboa, era tudo num barco de volta pra Àfrica.
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2019, 19:37 por Botasis »

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6140 em: 22 de Janeiro de 2019, 09:36 »
E mais dia menos dia vão começar as  pilhagens e os carros incendiados...
E as esganiçadas do bloco de esquerda vão achar bem.
Deviam era meter-lhes uns spades e uns ciganos em casa!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Botasis

  • *
  • Mensagens: 992
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6141 em: 22 de Janeiro de 2019, 10:10 »
quando lhes dao a cidadania era á condição de terem trabalho excepto desemprego pontual, casa e nao poderem ter problemas criminais, se assim nao fosse cidadania revogada e deprtados, familia toda.

Ataques a esquadras, carros incendiados, isto está lindo

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6142 em: 22 de Janeiro de 2019, 10:15 »
...
Ataques a esquadras, carros incendiados, isto está lindo

A culpa é da violência policial...
 :roll:
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

Botasis

  • *
  • Mensagens: 992
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6143 em: 22 de Janeiro de 2019, 11:20 »
...
Ataques a esquadras, carros incendiados, isto está lindo

A culpa é da violência policial...
 :roll:

entao nao, aqueles pobres otarios dos policias iam começar eles confusao num sitio daqueles, aquela gente é que nao sabe viver em sociedade, ja com os ciganos é a mesma coisa, vêm a policia vem a familia e os caes todos.

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6144 em: 23 de Janeiro de 2019, 15:04 »
Da palhaça e das lésbicas do Bloco de esquerda nem uma palavrinha de apoio à autoridade...
Um dia que um destes símios as tiver a "abordar" espero que os polícias também olhem para o lado!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

assusboy

  • *
  • Mensagens: 8556
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6145 em: 23 de Janeiro de 2019, 19:24 »
Não vou tomar partido por nenhum dos lados porque obviamente boa parte das pessoas que moram em bairros como este vivem de trafico, assaltos, esquemas e cometem crimes ainda piores como os de sangue mas não me parece que seja muito aceitável a policia andar a dar com cassetetes em velhos como fizeram neste caso, foi em tudo o que mexia... Ainda que sejam situações em que obviamente eles estão sob pressão e eu ache que eles obviamente têm que actuar não pode ser assim senão qualquer gajo com caparro pode ir para a policia, se é para aviar em tudo o que mexe escusam de fazer aquele processo de selecção todo, escolhe-se os que tiverem os músculos maiores.


E passa-se algo de muito grave na polícia, não entro nisso de que a polícia é racista, é injusto meter todos no mesmo saco mas que há uma boa parte de agentes que anda envolvido nos PNRs da vida há, muito antes deste caso já tinha reparado nisso, eu até já tinha inventado uma espécie de jogo comigo mesmo, quando há notícias que apelam mais à existência de comentários desse tipo de gente nas caixas de comentário entro nos perfis das pessoas e montes de vezes são polícias, e quando digo montes é mesmo muitas vezes mesmo, eu até ficava espantado no inicio e depois já nem ficava, só pensava: "Olha, mais um".


Como disse não acho que faça sentido generalizar porque assim como há estes deve haver outros que fazem comentários "normais", estes chamam é mais à atenção e para dizer a verdade eu até percebo que alguns se tornem assim quando entram para a polícia (se já não eram antes), é o que acontece quando existe a falta de meios e de condições de trabalho, carros podres, armas de merda, falta de agentes, etc. Não deixa é de ser preocupante e real que isto esteja a acontecer e acontece digam o que disserem, a generalização é que é errada mas a extrema direita está mesmo a infiltrar-se nas forças de segurança, é um facto. Assim como não podemos dizer que eles são todos assim não podemos aceitar que levem os pretos todos à frente, velhos e novos, tão esses gajos precisam de bater em velhos? Se eles fazem alguma coisa que não devem um gajo desses cheio de caparro não os algema e mete no carro sem grande dificuldade?


E depois ainda há que dizer que isto nem é uma questão tão simples assim de brancos contra pretos, reparem neste caso:


https://www.facebook.com/castelhano/posts/2288085111201767


Citar
Fui detido pela PSP no dia 13 de Junho de 2007. Fui acusado de ter agredido os polícias que nessa tarde me “abordaram” em Alfragide.
Mas esta estória começa em janeiro de 2007. Nesse período, eu ainda vivia na Damaia e costumava ir com alguns amigos conversar e beber uns copos em Alfragide. Nesta zona, por baixo de uns prédios bem altos existia um local que estava protegido da chuva e tinha uma excelente vista para o rio Tejo.
Numa sexta-feira de Janeiro de 2007, ao sair do trabalho desloquei-me a esse local em Alfragide para ir ter com os meus amigos. Chegado lá, deparo-me com o cenário dos meus amigos encostados à parede e 5 polícias, alguns com shotguns na mão, a revista-los. A revista tinha o objetivo de encontrar “ganzas”. Ao aproximar-me do local onde estavam, a ordem aos berros para que eu me encostasse à parede foi instantânea. Perante o regurgitar de insultos como por exemplo “Vocês são como os pretos, escumalha!”, “São da Damaia? Então o que estão a fazer em Alfragide? Escumalha de merda”, decidi cometer a ousadia de questionar o conteúdo desses comentários bem como a actuação desproporcionada por parte da polícia. As minha palavras foram algo do género “Desculpe Sr. agente, mas você não pode estar a falar assim connosco. Nós temos os nossos direitos”. Um dos polícias que estava mais exaltado e que mais insultava aproximou-se de mim e encostou a cabeça à minha deixando o aviso: “Oh camarada tens direitos? A tua sorte é que o meu turno acaba daqui a meia hora e eu quero sair a horas. Mas eu não me esqueci da tua fronha. Caso te veja outra vez em Alfragide vais levar no focinho”.
Passado uns meses, no dia 13 de Junho, estava eu com um amigo à conversa em Alfragide quando passa um carro patrulha da PSP. Rapidamente o carro dá meia volta e vem na nossa direcção. O polícia que me tinha ameaçado encontrava-se de novo à minha frente. Fui agredido com uma chapada e levado pelo chão para o carro de patrulha. Chegado à esquadra da PSP de Alfragide e um outro polícia que tinha estado no episodio de janeiro mal me vê diz “Olha quem é ele. O camarada”. Este rapidamente se junta ao policia que me tinha detido e levam-me para outra sala onde me obrigam a despir e a retirar os óculos. Perante a minha nega a retirar os óculos, as agressões começam com eles mesmo postos. Neste momento, chegam à esquadra os meus pais e os meus amigos que tinham sido alertados do que se passava comigo. Tive sorte, pois os polícias pareciam com vontade e empenhado no que estavam a fazer.
A partir desse momento a situação começou a alterar-se. O polícia que me havia ameaçado, detido e agredido começou a mudar o seu comportamento. Sobretudo quando me veio perguntar: “Habilitações? 12º ano?” a que respondi “Licenciatura”. O polícia meio incrédulo questiona, “Mas estás desempregado?” ao que eu respondo “Não, trabalho na PT”. A cara de pânico do polícia ao perceber que eu tinha uma licenciatura e trabalhava demonstrou que este se tinha dado conta que tinha “metido a pata na poça”. E porque? Porque sabia que, provavelmente, eu teria condições de ser defendido por um advogado e que um homem branco e licenciado acusar um policia de violência infelizmente na nossa sociedade é diferente do que ser acusado por um homem branco desempregado ou pior ainda por um homem negro. Nestes últimos casos já se sabe que a versão da polícia sobre algum tipo de acontecimento é a que prevalece sem quaisquer duvidas. É o que temos assistido sobre a violência policial no Bairro Jamaica e na Avenida da Liberdade. Basta a polícia dizer “arremessaram pedras” e está justificado, não é preciso mais nada. Nem vídeos, nem testemunhas sobre o que realmente se passou importam. Salvos raras excepções, os jornais e televisões passam os comunicados da policia como de se noticias se tratassem.
Como devem calcular sempre que assisto a casos como estes não acredito na versão da polícia. Porque o episodio de violência policial de que fui alvo teve como consequência, além das humilhações e agressões na esquadra de Alfragide e uma noite passada nos calabouços da PJ em Lisboa, ir a tribunal sob a acusação de agressão a agentes da PSP. E também porque na cela na PJ onde estive, a grande maioria dos detidos que tinham ferimentos provocados pela PSP tinham a acusação de agressão a agentes da PSP. E também porque vivi na Damaia durante 25 anos, 18 deles com uma esquadra da PSP na minha praceta. Vi muitas agressões, ouvi muitos comentários de agentes da PSP sobre a comunidade negra da Damaia. As negras e negros eram vistos como animais, como gente inferior e desprezível. Sei bem como a PSP actua de forma diferente nos subúrbios do que no centro da cidade de Lisboa. Sobretudo se os alvos são negros. Aliás, sendo negros até no centro de Lisboa em plena Avenida da Liberdade se dispara na sua direcção balas de borracha.
Já fui a muitas manifestações e algumas delas na Avenida da Liberdade. Já estive também em manifestações onde existiu violência e em nenhuma houve disparos de balas de borracha. Isso só aconteceu porque a maioria dos manifestantes ontem era negra e bastava a versão da policia “arremessaram pedras” para a opinião pública se colocar do lado da polícia.
É uma vergonha. Dever-nos-ia indignar a todos/as. O mínimo exigido perante tal situação seria hoje ou amanhã existir uma manifestação na Avenida da Liberdade em defesa das negras e negros portugueses e não portugueses que vivem no nosso país.

NOTA: Sobre o processo em causa importa dizer que fui ilibado. Entrei com um processo contra o polícia ao mesmo tempo. Depois de eu já ter gasto 1000 euros em custos judiciais e honorários e do processo se arrastar há 3 anos disse ao advogado que me defendia que já não podia continuar. Graças ao advogado, que se sentiu sensibilizado com o meu caso, este prosseguiu com o processo e prescindiu dos honorários. Passado 6 anos do ocorrido o polícia foi condenado a fazer-me um pagamento de 500 euros.


Não se pode andar com paninhos quentes para nenhum dos lados, há muitos polícias que não são nenhuns santos, aqui na minha terra o tráfico de droga acontece a metros da esquadra há anos, na mesma rua temos os CTT e já aconteceram dezenas de casos de velhotes que vão levantar as reformas e no caminho para casa são assaltados, isto aconteceu à minha avó há uns anos e quando fomos apresentar queixa na polícia disse a quem nos atendeu que deviam meter um agente na porta dos CTT porque era recorrente acontecer coisas assim e ele respondeu que se os CTT queriam lá alguém que pagassem, isto quando os CTT ficam a metros da esquadra e ainda por cima na altura era uma empresa do Estado, polícia na rua, a pé, quase não se vê, só andam de um lado para o outro sentadinhos nos carros ou com ele estacionado em cima do passeio a ver se caçam alguma multinha, ser polícia não é fácil em grande parte dos casos mas assim até nem é muito mau.


Ultimamente anda a haver uma vaga de assaltos por aqui, um dos casos uns gajos mascarados de polícias entraram na casa de um casal de velhotes que conheço e roubaram dinheiro, ouro, e ainda os espancaram, recentemente já tinham acontecido casos parecidos e há 1 ou 2 semanas uma senhora ia a passar numa ponte e apareceram e disseram para ela passar o que tinha ou mandavam-na lá para baixo, qual a preocupação da polícia? Ir para o jornal regional desmentir que esteja a acontecer uma vaga de crime acima do normal quando qualquer pessoas que mora aqui sabe que isso não é verdade, se calhar estatisticamente até podem ter razão mas casos destes não são assim tão comuns por aqui se excluir os velhotes que vão buscar as reformas.


Os polícias que exijam o que devem exigir para terem melhores condições, sou totalmente de acordo que deviam-nas ter e não têm, mas que não usem isso para se desculparem quando fazem merda porque também fazem.
« Última modificação: 23 de Janeiro de 2019, 22:24 por assusboy »

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6146 em: 24 de Janeiro de 2019, 08:52 »
Ou eu e os meus amigos todos, temos tido sorte, ou a Polícia tem feito um trabalho digno e honrado aqui para os meus lados.
Conheço contudo alguns desses "Licenciados" que têm tido muito azar na vida e estão sempre no local errado à hora errada..., 'tadinhos...
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

assusboy

  • *
  • Mensagens: 8556
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6147 em: 24 de Janeiro de 2019, 15:55 »
O gajo ganhou o processo em tribunal por isso sem prova em contrario aquele polícia especificamente é um filho da ## e aquela esquadra tem um historial bem conhecido portanto o rapaz tem a razão do lado dele.


Eu não digo que a polícia na maior parte dos casos não faz um trabalho digno, não podemos é generalizar nem para os desculpar nem para lhes apontar o dedo.

Teodoro

  • *
  • Mensagens: 13319
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6148 em: 24 de Janeiro de 2019, 17:01 »
No caso dos símios ali da "Jamaica" só se perderam as que cairam no chão!
Fé é não querer saber a verdade - Friedrich Nietzsche

assusboy

  • *
  • Mensagens: 8556
Re: E assim vai o nosso país...
« Responder #6149 em: 24 de Janeiro de 2019, 17:54 »
Lá está, daí o meu post... Um polícia que precisa de dar cacetada em velhotas acho que não tem grande perfil para a profissão.

 

TinyPortal © 2005-2012