X
31 de Março de 2020, 00:28

Mensagens recentes

Páginas: 1 2 3 [4] 5 6 7 8 9 10
31
Geral / Re: E assim vai o nosso país...
« Última mensagem por Teodoro em Ontem às 12:33 »
Aquele autêntico jagunço que agora manda na MEO, ontem estava contentíssimo de que os negócios da empresa estavam a aumentar...
Para quando uma TDT com muito mais canais?
A generalidade dos canais "abertos" das operadoras MEO/NOS/Vodafone, apanham-se com parabólica! 
32
Equipa Principal / Plantel [2020/21]
« Última mensagem por SLB_Fanatic em Ontem às 12:31 »
Numa altura em que cada vez mais parece que a época está terminada, fica aberto o tópico para discussão daquilo que, na vossa opinião, poderá ser o plantel da próxima temporada.



Citação de: abola.pt
Emprestados podem ser solução para a crise

O Benfica, naturalmente, começou já a preparar-se para lidar com os problemas decorrentes da falta de atividade, estando, pois, apostado em encontrar novas formas de manter a competitividade sem comprometer a viabilidade financeira e uma delas pode muito bem passar, precisamente, pelos muitos jogadores emprestados que tem espalhados pelo País e pelo Mundo.

Jogadores que, há poucos meses, poderiam ser para vender, rentabilizando dessa forma o investimento, podem passar a usar rótulo de reforços, acrescentando à equipa o que ela não tem.

Cristián Lema, que se encontra no Newell’s Old Boys, entra para esse lote, se Bruno Lage assim o decidir, mas outros futebolistas como Krovinovic (WBA), Gedson (Tottenham), Varela (Ajax) ou Diogo Gonçalves (Famalicão) justificarão uma segunda avaliação. Isto no caso de algum deles não ser adquirido ao abrigo das cláusulas de opção de compra de passes.
33
Citação de: abola.pt
Newell's quer Lema e oferece três jogadores

Três jovens do Newell’s Old Boys, três promessas do futebol argentino sugeridas aos encarnados para ajudar a viabilizar a compra do passe de Cristian Lema. O central argentino ainda vinculado aos campeões nacionais, 30 anos, está emprestado ao Newell’s até 30 de junho, mas a opção de compra do passe de €3 milhões não está por agora ao alcance dos argentinos, que estão a tentar mil e uma formas de manter o futebolista, mesmo que para isso tenham de hipotecar jogadores.

Numa fase inicial, os encarnados enviaram mensagem clara: só queriam dinheiro. Contactos recentes poderão, no entanto, abrir novas portas e há muito para discutir assim que a pandemia o permitir. Estava prevista uma reunião, naturalmente cancelada, mas o tema não está esquecido pela SAD.

Eis os jogadores lançados pelo Newell’s:

Tobias Donsati já bem conhecido no Seixal. Tem apenas 19 anos, mas é um goleador desde tenra idade e ficou conhecido por ser um dos produtos do clube a marcar golos (e em maior quantidade) em todos os escalões da formação. Joga pelas reservas e está em transição para o plantel principal do clube argentino.

Aníbal Moreno é provavelmente o mais prometedor do trio. Pode ser médio-ofensivo, extremo ou segundo atacante e aos 20 anos já conta curta passagem pelo plantel do Newell’s em 2018/2019, com quatro partidas, e oportunidades mais consistentes em 2019/2020, sendo titular em vários jogos deste ano. 12 partidas e um golo, além de ser internacional jovem pela Argentina, com presenças no campeonato sudamericano de sub-20 e no Mundial de sub-20.

Jerónimo Cacciabue é o mais experiente do grupo: tem 22 anos e já vai na terceira temporada ao serviço do plantel principal do Newell’s. No total, 32 jogos e dois golos, nada mal para quem atua preferencialmente como médio defensivo. O futebolista é muito posicional, sensivelmente ao jeito do atual meio campo do Benfica de Bruno Lage, com Weigl em posições muito recuadas e sobretudo de apoio a organização defensiva e compensações. Poderia ser futebolista para integrar de imediato o plantel principal encarnado.
34
Será que está também em tele trabalho?
35
Equipa Principal / Re: Florentino Luís (61)
« Última mensagem por SLB_Fanatic em Ontem às 12:26 »
Citação de: abola.pt
«Florentino é um dos melhores médios defensivos do mundo»

Florentino Luís tem sido alvo da cobiça do Milan. Na reabertura do mercado intensificaram-se os rumores, mas o médio de 20 anos acabou por ficar no Benfica.

Em entrevista ao Calciomercato, Bruno Santos, agente do jogador, revelou que a mudança não se deu por intransigência das águias.

«O Benfica tomou uma decisão no mercado e nós respeitámos. Eles acreditam muito no Florentino, por isso tem uma cláusula de rescisão de €120 milhões. Faz parte do projeto do clube», assumiu.

Bruno Santos teceu ainda largos elogios a Florentino Luís.

«É um dos melhores médios defensivos do mundo. Não sou eu a exagerar, ele já demonstrou isso em campo. Foi decisivo no Benfica e nas seleções jovens de Portugal, bateu o recorde de bolas recuperadas num jogo da Liga Europa… Não está a jogar com muita regularidade agora, mas já mostrou que é capaz de jogar por um clube de topo na Europa», concluiu.

Formado no Benfica, Florentino Luís estreou-se pela equipa principal na temporada passada. No total soma 29 jogos pelas águias, 15 dos quais esta época.
36
Equipa Principal / Re: Weigl (28)
« Última mensagem por SLB_Fanatic em Ontem às 12:25 »
Citação de: abola.pt
Weigl em entrevista A Bola: «Sei que posso ajudar mais a equipa»

Chegou em janeiro e foi uma das transferências sensação dos últimos anos: trocou a poderosa Bundesliga pelo campeonato português, o Dortmund pelo Benfica. Em entrevista que pode ler este domingo em A BOLA, o médio explica que precisava de um novo desafio, fala do momento da águia, do que podem esperar dele e daquilo que Bruno Lage lhe pede para ajudar a equipa.

- Quais são as primeiras impressões sobre o Benfica e o campeonato português, agora que já leva onze jogos com o emblema da águia?

- Estou muito contente por estar aqui. As primeiras impressões foram muito, muito boas. Toda a gente me recebeu e tem tratado muito bem, toda a gente tem sido realmente muito simpática. É verdade que tivemos alguns jogos em que não conseguimos os resultados que pretendíamos, que era vencer, mas acho que ainda temos todas as hipóteses intactas para vencer o campeonato e a Taça de Portugal. E estou ansioso pelos próximos jogos.

- Está a gostar?

- Sim, claro. Trata-se de um novo desafio para mim e sempre gostei de novos desafios… por isso, sim estou empenhado para tudo dar certo.

- Qual foi a primeira reação quando soube que o Benfica estava interessado na sua contratação?

- Fiquei realmente muito excitado. Conheço o Benfica há muito tempo e vieram-me à memória alguns jogos que me lembrava de ter visto do Benfica e lembrava-me do bom ambiente no estádio. Fiquei excitado e quis ouvir e saber mais sobre o Benfica e a hipótese de vir para cá.

- O que fez? Informou-se com alguém? Raphael Guerreiro ou Witsel?

- Sim, falei com ambos. Falaram-me do clube, deram-me informações sobre o campeonato português, sobre a cidade e o país. Axel [Witsel], por ter jogado no Benfica, acabou por dar mais informações. Disse-me que o Benfica trata todos como se fossem uma grande família, que era um clube realmente muito bom e que luta sempre, ano após ano, para conquistar títulos , com adeptos fantásticos sempre a apoiar. Foram palavras importantes que me ajudaram, percebi que ainda hoje ele [Witsel] tem grande consideração pelo clube.

- Tem 24 anos, 300 jogos no total, 171 no Borussia Dortmund, foi internacional sub-19, sub-20, sub-21 e chegou à Seleção A da Alemanha. O que é que o motivou a mudar-se para Portugal?

- Queria fazer algo novo, diferente e precisava de um novo desafio na minha carreira, num país diferente. Quis muito isto, esta nova aventura, por assim dizer. Penso que isso, também, irá permitir-me crescer como jogador e como pessoa. E como já referi senti esse feeling especial quando percebi que o Benfica me queria, quando vi a força que fizeram para me ter. Isso, combinado com o desejo de um novo desafio, num novo país (num lindo país, já agora) fez-me sentir que estava a dar o passo certo e foi por isso que quis vir.

- Sente o peso de ter custado 20 milhões de euros?

- Não é coisa em que pense. Sei que o Benfica pagou muito dinheiro pelo meu passe, mas confio muito em mim e nas minhas capacidades. Estou a atravessar um processo e aqui agora tudo é novo para mim: novo clube, novo país, nova linguagem, novas pessoas, novos jogadores a quem tenho de me adaptar para me integrar na equipa. Tenho de saber onde os jogadores gostam de estar no campo e como pensam. É um processo evolutivo, confio muito neste processo e estou certo que vou encaixar [na equipa].

- Já vimos o verdadeiro Weigl? O que é que pode acrescentar ao Benfica?

- Sou sempre eu jogando bem ou jogando mal. Sei que posso ajudar mais a equipa, sei que tenho de melhorar e controlar o jogo. É claro que quero fazer mais passes determinantes para os companheiros e com isso ajudar na nossa forma de jogar, marcar os ritmos do jogo, sobretudo do ponto de vista defensivo. Essas são as coisas que posso acrescentar à equipa. E, claro, acrescentar também a minha experiência: tenho muitos jogos internacionais nas pernas e acho que posso ajudar nessa parte.

Citação de: abola.pt
Weigl revela o que Bruno Lage pede

Em entrevista que pode ler na edição deste domingo de A BOLA, Julian Weigl conta aquilo que Bruno Lage lhe pede para ajudar a equipa.

- Que avaliação faz do nível do plantel do Benfica?

- Acho que temos um plantel de grande qualidade com uma mescla de jogadores experientes e jovens que trabalham todos os dias de forma muito intensa. Por isso estou seguro que temos o melhor plantel da Liga.

- Como analisa a concorrência interna: Samaris, Florentino, Gabriel e Taarabt?

- Acho que todos ajudam, todos colocam a experiência que têm em prática para ajudar a equipa e para todos melhorarmos seja nos jogos seja nos treinos. Temos uma competição saudável entre nós, cada um dá o melhor que tem e creio que isso é muito positivo. Temos uma boa relação entre todos e isso é algo de muito positivo, sinto isso.

- E em relação a Bruno Lage, como são os métodos dele?

- Tem feito um grande trabalho à frente do Benfica, trabalhamos muito todos os detalhes, insiste muito em todos os pormenores do jogo para sermos uma melhor equipa. Fala muito connosco, procura manter o nosso foco, puxando por cada um de nós para todos juntos sermos mais fortes coletivamente.

- O que lhe pede o treinador?

- Quer que controle o jogo, pede-me estabelecer o ritmo, para decidir quando é preciso segurar a bola e baixar o ritmo ou intensificar a pressão, dar velocidade e partir para o ataque. É claro que me pede para ter uma palavra importante nas missões defensivas de modo a dar um bom equilíbrio à equipa.

Citação de: abola.pt
«Os Benfiquistas têm boas razões para acreditar que iremos conquistar o título»

Chegou à Luz em janeiro e conta 11 jogos de águia ao peito. Julian Weigl, em entrevista que pode ler este domingo em A BOLA, assume que a derrota com o FC Porto doeu, mas acredita que os encarnados têm bons motivos para acreditar na conquista do título.
 
- Sabe o que é o Marquês?

- Sim, os meus colegas já me falaram. Creio tratar-se de uma praça em Lisboa onde os adeptos se reúnem para festejar os títulos de campeão juntamente com toda a equipa. Falam-me disso muitas vezes, com muita emoção.

- Já viu imagens?

- Sim, já vi algumas imagens. Fiquei impressionado e com vontade de estar lá também rapidamente.

- Os benfiquistas têm razões para acreditar na conquista do título?

- Sim, têm boas razões para acreditar que iremos conquistar o título…

- Porquê?

- Estamos apenas um ponto atrás do líder e temos muita qualidade na equipa e apenas temos de continuar a trabalhar como o temos feito. Se assim acontecer de certeza que as vitórias vão voltar e a sorte voltará a acompanhar-nos para voltarmos ao primeiro lugar. Juntamente com eles, com os adeptos, podemos continuar fortes na nossa caminhada e vencer o campeonato.

- Acredita que a equipa vai voltar com o mesmo rendimento após esta paragem forçada?

- Estamos a enfrentar uma situação difícil e nova para todos. Não sabemos quando podemos voltar a treinar e a competir de forma normal. Por isso temos de manter o profissionalismo, continuar a trabalhar forte a parte física, embora de forma individual, para estarmos preparados para tudo. Não podemos dizer quando vamos voltar, mas está nas nossas mãos saber como iremos voltar.

- Com quem estabeleceu empatia mais rapidamente no plantel?

- Todos têm sido muito bons para mim, tenho bom relacionamento com todos e há um bom espírito de camaradagem no plantel. Claro que falo mais com Haris Seferovic, foi o primeiro com quem falei tendo em conta que ele também fala alemão. Por isso é normal que exista uma maior proximidade com ele, tem sido um bom amigo. Mas também gosto muito de conversar com o Adel [Taarabt], com o Svilar, com o Jota.
37
As Modalidades / Re: Futsal [2019/20]
« Última mensagem por SLB_Fanatic em Ontem às 09:19 »
Tudo a correr pelo melhor. Um Senhor!
39
Gestão do Clube / Re: Assuntos de Sócio
« Última mensagem por SLB_Fanatic em Ontem às 09:14 »
Porque haveriam de o fazer? Não pagámos sempre os meses do defeso em que não havia futebol?

Antes disso, ainda falta cumprir a promessa eleitoral da redução do valor das quotas. Não está fácil.
40
Gestão do Clube / Re: Luis Filipe Vieira - Presidente do Sport Lisboa e Benfica
« Última mensagem por AguiaNina_SLB em 29 de Março de 2020, 23:30 »
É um gatuno de primeira linha. Até aí a maioria do users estão de acordo. :sim:
Infelizmente não é caso raro no futebol...

O Vieira se for inteligente (como é) enquanto estiver pleno de capacidades chefiará o Benfica.
Páginas: 1 2 3 [4] 5 6 7 8 9 10
TinyPortal © 2005-2012